Página Inicial  |  Perfil  |  Equipe  |  Contato  | 
Links

  

redacao.noticia@noticiacapital.com.br
71 9128-9520

 
  Home - Poesias - UE ameaça Israel com sanções econômicas
 

Categorias

  Brasil
  Cultura
  Cursos & Concursos
  Dos Blogs & Sites
  Economia
  Educação
  Entrevistas e Reportagens
  Esporte
  Geral
  Internacional
  Mosaico
  Municípios
  Notas
  Opinião
  Politica
  Salvador
  Saúde & Medicina
  Turismo
 

Colunistas

 Agenor Calazans
 Aldo Trípodi
 Alessandra Nascimento
 Gerson Brasil
 Gil Vicente Tavares
 Guto Amoedo
 Kim Niederauer
 Marcelo Torres
 Valter Xéu
 Vitor Carvalho
 

Serviços

  Coelba
  Embasa
  Auxílio a Lista
  Prefeitura de Salvador
  Previdência Social
  Receita Federal
 
COLUNISTAS
 Valter Xéu

 
 
UE ameaça Israel com sanções econômicas
30 de Dezembro de 2013 10:31

O Embaixador da União Europeia (UE) nos territórios palestinos ocupados, Lars Andersen, advertiu as autoridades do regime israelense sobre as graves implicações da construção de novos assentamentos e decidiu que isso vai atrapalhar o processo de paz com os palestinos.


Em uma entrevista para o site de notícias israelense “Vala”, Andersen disse que o regime de Tel Aviv deve assumir a responsabilidade pela decisão e do fracasso das negociações de paz. E afirmou que a União Europeia vai impor sanções econômicas contra o regime israelense no caso da construção de novos assentamentos.
Essas sanções incluem empresas que operam fora da linha verde, para além das fronteiras dos territórios palestinos ocupados pelo regime israelense, disse Andersen, que estimou que o regime de Tel Aviv vai perder centenas de milhões dólares por causa dessas sanções.
Apesar da condenação internacional, o regime israelense planeja construir novos assentamentos ilegais nos territórios palestinos ocupados na próxima semana.
É esperado que Netanyahu anuncie a construção de milhares de novas casas ilegais na Cisjordânia ocupada apesar da condenação da ONU e de vários países.
A continuada expansão dos assentamentos israelenses na Palestina ocupada tornou-se um grande obstáculo para os esforços para estabelecer a paz no Oriente Médio.
Mais de meio milhão de israelenses vivem em mais de 120 assentamentos ilegais nos territórios palestinos ocupados, o que foram construídas após a ocupação da Palestina, em 1967.

Da redação do Irã News com Hispan TV