Página Inicial  |  Perfil  |  Equipe  |  Contato  | 
Links

  

redacao.noticia@noticiacapital.com.br
71 9128-9520

 
  Home - Poesias - Arte de Passagem – Itinerância pela Arte Contemporânea da Bahia
 

Categorias

  Brasil
  Cultura
  Cursos & Concursos
  Dos Blogs & Sites
  Economia
  Educação
  Entrevistas e Reportagens
  Esporte
  Geral
  Internacional
  Mosaico
  Municípios
  Notas
  Opinião
  Politica
  Salvador
  Saúde & Medicina
  Turismo
 

Colunistas

 Agenor Calazans
 Aldo Trípodi
 Alessandra Nascimento
 Gerson Brasil
 Gil Vicente Tavares
 Guto Amoedo
 Kim Niederauer
 Marcelo Torres
 Valter Xéu
 Vitor Carvalho
 

Serviços

  Coelba
  Embasa
  Auxílio a Lista
  Prefeitura de Salvador
  Previdência Social
  Receita Federal
 
COLUNISTAS
 Aldo Trípodi

 aldotripodi69@hotmail.com
 
Arte de Passagem – Itinerância pela Arte Contemporânea da Bahia
22 de Junho de 2014 14:01

Composto por uma exposição coletiva de arte contemporânea produzida em Salvador, uma série de visitas aos ateliês dos artistas envolvidos, visitação guiada de alunos de escolas públicas a galeria e conversas entre o público e a curadoria, o projeto “Arte de Passagem – Itinerância pela Arte Contemporânea da Bahia” promete movimentar ainda mais o universo artístico de Salvador em tempos de retomada da Bienal de Arte da Bahia.

Selecionado no Edital Concurso Cultura 2014, do Ministério da Cultura, a exposição coletiva acontece na Casa de Castro Alves, (Rua do Passo, 42, Santo Antonio, Salvador) um belíssimo casarão restaurado em estilo loft, ao lado da escadaria da Rua do Passo, 42, Santo Antonio Além do Carmo, entre os dias 10 de junho e 13 de julho, com visitação aberta ao público das 14h às 20h. A abertura acontece no dia 10 de junho, às 20h.

Os artistas selecionados para integrar a mostra são Gaio Matos, Ieda Oliveira, Jayme Figura, Marcia Abreu, Sandro Pimentel, Tuti Minervino, Vinicius S/A, Willyams Martins, Zé de Rocha e ZMário. Além da mostra na galeria, o público interessado terá ainda a oportunidade de conhecer os espaços de criação dos dez artistas. Durante o período de exposição uma van com guia bilíngue sairá em horários agendados para circular pelos ateliês dos artistas, promovendo uma maior interação entre artistas e público.

O projeto “Arte de Passagem – Itinerância pela Arte Contemporânea da Bahia” vai promover ainda um intercâmbio entre os artistas participantes e outros artistas visuais que desde a década de 1980 atuam ou atuavam intensamente na cidade. Trabalhos de Almandrade, Baldomiro Costa, Beth Souza, Daniela Steel, Joãozito, Miguel Cordeiro, Paulo Pereira, Stella Carozzo, e outros artistas representativos daquela época serão projetados em monitor instalado na galeria, para que o público possa conhecer as diversas passagens que a arte contemporânea da Bahia atravessou nas últimas décadas.

“O Arte de Passagem nasceu da vontade de fazer uma reflexão sobre essas duas épocas – 1980 a 1990 e 2000 a 2014, e também um comparativo, mostrando a carga de pensamentos, processos e materiais que procuram expressar uma visão do nosso tempo”, esclarece o artista Willyams Martins, coordenador artístico da mostra. “A visita ao atelier de cada participante do projeto será uma maneira de pensar a arte contemporânea. Quais seus propósitos, sua manufatura, seus materiais, seus conceitos e suas buscas. São algumas das prerrogativas que serão feitas durante as visitas. O alvo é o artista, a poética, seus temas, assuntos, inquietações, questões, fetiches, emergências, afetos, necessidades”, complementa, Willyams.

O projeto busca ainda colocar a arte contemporânea que se produz em Salvador em uma grande vitrine voltada para o mundo. “No período da mostra, entre junho e julho, Salvador será ocupada por milhares de turistas vindos de todas as partes do mundo para acompanhar os jogos de futebol. Acredito que os artistas participantes do projeto Arte de Passagem representam bem a arte contemporânea feita em nossa cidade e podem colaborar para divulgar a arte baiana para um público amplo”, exalta Antonio Nykiel, coordenador de produção do projeto.

Dentre os trabalhos apresentados na exposição, encontram-se cartazes coletados nas manifestações ocorridas em junho de 2013, em Salvador, que fazem parte do “Projeto Para Mudar o Mundo” que Willyams Martins vem desenvolvendo. O artista penetra em manifestações sociais, coleta, registra, armazena o material comunicacional produzido com o objetivo de expô-lo em espaços destinados à arte. Willyams realiza ações estéticas e comunicacionais a partir do material gerado “nas ruas”, produzindo uma reflexão gerada pelos “cartazes para mudar o mundo”. Visitação guiada aos ateliês – Através dos telefones (71) 9361 0345 e 9987 4375, contato Antonio Nykiel – antonionykiel@yahoo.com.br / (71) 9361 0345 e 9987 4375.