Página Inicial  |  Perfil  |  Equipe  |  Contato  | 
Links

  

redacao.noticia@noticiacapital.com.br
71 9128-9520

 
  Home - Poesias - MUNDO HIPÓCRITA
 

Categorias

  Brasil
  Cultura
  Cursos & Concursos
  Dos Blogs & Sites
  Economia
  Educação
  Entrevistas e Reportagens
  Esporte
  Geral
  Internacional
  Mosaico
  Municípios
  Notas
  Opinião
  Politica
  Salvador
  Saúde & Medicina
  Turismo
 

Colunistas

 Agenor Calazans
 Aldo Trípodi
 Alessandra Nascimento
 Gerson Brasil
 Gil Vicente Tavares
 Guto Amoedo
 Kim Niederauer
 Marcelo Torres
 Valter Xéu
 Vitor Carvalho
 

Serviços

  Coelba
  Embasa
  Auxílio a Lista
  Prefeitura de Salvador
  Previdência Social
  Receita Federal
 
COLUNISTAS
 Valter Xéu

 
 
MUNDO HIPÓCRITA
23 de Julho de 2014 14:03

É duro começar o dia publicando uma foto dessa, mas é essa a realidade e dela não podemos fugir.

Mais de 600 pessoas, a maioria crianças foram assassinadas em Gaza pelo massacre perpetrado por forças israelense.

 

O massacrado não tem exercito, marinha, força aérea, míssil de longo alcance e nem voz poderosa na ONU para frear a matança realizada por Israel que no rastro da destruição vai ficando a sua bandeira de conquista com a construção de assentamentos para o povo judeu e dessa forma vai tomando as terras dos verdadeiros donos cujas armas de enfrentamento são uns rojões sem pontaria eficaz e fuzis que nada podem contra tanques.

O mundo esta perplexo com o abatimento de um avião lotado de passageiros de olhos azuis em céus da Ucrânia.

 

Esse mundo sempre fica estarrecido quando algo tenebroso acontece com europeus e norte americanos. Mas esse mesmo mundo em nada se incomoda quando uma bomba de fosforo cujo uso contra civis que é proibida pelos organismos internacionais é jogado contra um povo indefeso.

Uma deputada no parlamento de Israel chegou a propor que as tropas matasse todas as mulheres palestinas para que elas não venham a gerar no futuro novos “terroristas”.

Se eu dissesse aqui que Hitler estava certo em ter agido daquela maneira contra os judeus, seria bem provável que o mundo desabasse sobre minha cabeça.

Já as declarações da infeliz deputado não houve por parte da mídia, ou seja, lá por quem quer que seja qualquer tipo de censura.

Mundo hipócrita e FDP esse que vivemos.