Página Inicial  |  Perfil  |  Equipe  |  Contato  | 
Links

  

redacao.noticia@noticiacapital.com.br
71 9128-9520

                             
 
  Home - Notícias - DESIGNER COORDENA OFICINAS DE CRIAÇÃO ARTESANAL NO PELOURINHO
 

Categorias

  Brasil
  Cultura
  Cursos & Concursos
  Dos Blogs & Sites
  Economia
  Educação
  Entrevistas e Reportagens
  Esporte
  Geral
  Internacional
  Mosaico
  Municípios
  Notas
  Opinião
  Politica
  Salvador
  Saúde & Medicina
  Turismo
 

Colunistas

 Agenor Calazans
 Aldo Trípodi
 Alessandra Nascimento
 Gerson Brasil
 Gil Vicente Tavares
 Guto Amoedo
 Kim Niederauer
 Marcelo Torres
 Valter Xéu
 Vitor Carvalho
 

Serviços

  Coelba
  Embasa
  Auxílio a Lista
  Prefeitura de Salvador
  Previdência Social
  Receita Federal
 
NOTÍCIAS
 
DESIGNER COORDENA OFICINAS DE CRIAÇÃO ARTESANAL NO PELOURINHO
11/12/2016 20:31:26

Está em atuação no Centro Histórico de Salvador o Armazém Pelô Design, iniciativa que visa ao desenvolvimento dos potenciais artísticos e formação empreendedora de artesãos locais. Coordenadas pela designer baiana Luciana Galeão, as oficinas terão como resultado a criação do coletivo Pelô Design, inteiramente construído e gerido pelos artesãos, e que será apresentado na conclusão do projeto, em abril de 2017, em uma feira de produtos e serviços, no Pelourinho.

 

“Nós realizamos o que chamo de artesanias, ao fazer com que a arte tenha amadurecimento e valor agregado. O principal objetivo é que o material produzido aqui dialogue com a cidade toda e não fique restrito ao turista”, declara Luciana. Ao total, 60 artesãos participam das oficinas de capacitação, divididos em dois grupos, um voltado a diferentes técnicas de artesanato e outro de tecelagem manual.

 

No Armazém Pelô Design os participantes irão planejar todo o desenvolvimento de uma coleção, passando pela metodologia envolvida no processo, layout, desenhos, matéria-prima, público-alvo, até o produto final. “Normalmente a criação do artesão é guiada pela intuição e aqui ele tem a oportunidade de entrar em contato com novos conhecimentos que até então não faziam parte da sua realidade. Queremos que o artesão aprimore sua experiência, inovando nas técnicas artesanais e vá além disso, planejando e antecipando o que o cliente quer”, destaca a coordenadora do Armazém.

 

Desde 2010, Luciana Galeão desenvolve projetos voltados ao mundo do artesanato e da moda em diversas localidades de Salvador e interior da Bahia, onde ensina os processos de criação. Ela já atuou no Morro da Sereia, em Ondina; Tanquinho, na Chapada Diamantina, além de Nova Esperança, Piatã e Abrantes, em Camaçari. Ela explica que une a base acadêmica com a experiência adquirida no desenvolvimento de projetos artesanais. “Eu trago minha bagagem e realizo essa troca de conhecimentos com os artistas locais”.

 

A designer ressalta que, dentre as suas experiências no ramo de criação artesanal, a iniciativa gerada pelo Armazém Pelô Design é inédita. “A grande diferença está no fato de que o projeto não foca apenas na execução, mas principalmente no resultado que irá gerar para os envolvidos, dando autonomia a cada um deles. A marca Pelô Design será toda criada e gerenciada pelo coletivo, que é formado por designers, artesãos e gestores sociais, e a receita gerada ficará inteiramente com eles”.

 

O Armazém Pelô Design faz parte do projeto “Bahia: Revoluções Criativas” que tem como objetivo promover a qualificação e a promoção do mercado local de Economia Criativa como fatores de transformação social. As capacitações estão divididas nas áreas de tecelagem, design e capoeira e receberam o nome de “Armazéns Criativos”. Os programas incluem formação em gestão do negócio, empreendedorismo, design sustentável e reaproveitamento de resíduos através de produtos que valorizem a identidade cultural baiana e estejam alinhados com as diretrizes mundiais de sustentabilidade.

 

Capitaneado pelo Instituto ACM de Ação, Cidadania e Memória, com o patrocínio da Coelba, empresa do Grupo Neoenergia, o “Bahia: Revoluções Criativas” está ainda em sua primeira fase. “Este é um projeto colaborativo e abrangente que começa no Centro Histórico, mas pretende replicar esse modelo em outras regiões da cidade e do estado, inclusive abraçando outras ações que caibam dentro dos pilares de capacitação/qualificação e fomento/divulgação da economia criativa”, ressalta a superintendente do Instituto ACM, Claudia Vaz.


 
 

 

 


 

 

 
 



Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.



 
 
create', 'UA-40109063-1', 'noticiacapital.com.br'); ga('send', 'pageview');