Página Inicial  |  Perfil  |  Equipe  |  Contato  | 
Links

  

redacao.noticia@noticiacapital.com.br
71 9128-9520

                             
 
  Home - Notícias - Mulher de motorista de Uber é ouvida no DHPP
 

Categorias

  Brasil
  Cultura
  Cursos & Concursos
  Dos Blogs & Sites
  Economia
  Educação
  Entrevistas e Reportagens
  Esporte
  Geral
  Internacional
  Mosaico
  Municípios
  Notas
  Opinião
  Politica
  Salvador
  Saúde & Medicina
  Turismo
 

Colunistas

 Agenor Calazans
 Aldo Trípodi
 Alessandra Nascimento
 Gerson Brasil
 Gil Vicente Tavares
 Guto Amoedo
 Kim Niederauer
 Marcelo Torres
 Valter Xéu
 Vitor Carvalho
 

Serviços

  Coelba
  Embasa
  Auxílio a Lista
  Prefeitura de Salvador
  Previdência Social
  Receita Federal
 
NOTÍCIAS
 
Mulher de motorista de Uber é ouvida no DHPP
01/03/2017 19:49:42

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) ouviu, na tarde de terça-feira (28), Deise Karolaynne Souza Serrão, mulher de Ramiro Fernandes Teles da Rocha, de 23 anos, morto por disparo de arma de fogo no peito, na noite de ontem, na Avenida Silveira Martins, próximo ao Chopm 1, no Cabula. Ele estava no interior do veículo Chevrolet Classic, de cor prata, placa OUU 3716, utilizado para serviço Uber, quando foi encontrado por populares, que acionaram a polícia.

         O motorista chegou a ser levado por uma viatura da Polícia Militar ao Hospital Roberto Santos, onde deu entrada por volta de 1 hora de hoje, mas já chegou sem vida. Uma equipe do Serviço de Investigação de Local de Crime (Silc), do DHPP, foi ao local, mas não conseguiu encontrar testemunhas que tivessem visto o que ocorreu e pudessem ajudar na investigação. O carro utilizado por ele já foi encaminhado para perícia e imagens do local e das imediações começaram a ser procuradas. Documentos foram recuperados, mas o celular dele não foi encontrado.

         De acordo com o delegado José Bezerra, diretor do DHPP, as imagens, se forem encontradas, e os laudos de perícia do carro, vítima e do local, serão fundamentais para as investigações. O departamento também já fez contatos com o serviço Uber para saber se Ramiro estava de serviço e, se estava, solicitar informações sobre roteiros e pedidos de clientes ao longo da noite. Equipes da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central), que vai cuidar do caso, buscam localizar possíveis testemunhas. Ainda não há motivação para o crime e nem indicativo de autoria.


 
 

 

 


 

 

 
 



Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.



 
 
create', 'UA-40109063-1', 'noticiacapital.com.br'); ga('send', 'pageview');