Página Inicial  |  Perfil  |  Equipe  |  Contato  | 
Links

  

redacao.noticia@noticiacapital.com.br
71 9128-9520

                             
 
  Home - Notícias - MAVIAEL MELO FAZ SHOW “ÁRIES DA CANÇÃO” E GRAVA CD E DVD
 

Categorias

  Brasil
  Cultura
  Cursos & Concursos
  Dos Blogs & Sites
  Economia
  Educação
  Entrevistas e Reportagens
  Esporte
  Geral
  Internacional
  Mosaico
  Municípios
  Notas
  Opinião
  Politica
  Salvador
  Saúde & Medicina
  Turismo
 

Colunistas

 Agenor Calazans
 Aldo Trípodi
 Alessandra Nascimento
 Gerson Brasil
 Gil Vicente Tavares
 Guto Amoedo
 Kim Niederauer
 Marcelo Torres
 Valter Xéu
 Vitor Carvalho
 

Serviços

  Coelba
  Embasa
  Auxílio a Lista
  Prefeitura de Salvador
  Previdência Social
  Receita Federal
 
NOTÍCIAS
 
MAVIAEL MELO FAZ SHOW “ÁRIES DA CANÇÃO” E GRAVA CD E DVD
11/05/2017 09:08:42

Ele nasceu no primeiro dia de Áries, primeiro dia do ano zodiacal. É puro impulso e fogo. Cantador e poeta, está sempre à frente da vanguarda da música regional nordestina, na qual representa dois estados : Pernambuco, onde nasceu, e Bahia, onde vive. Maviael Melo assume agora toda a força do seu signo e grava em show no Teatro Módulo, na Pituba, neste 11 de maio, às 20 horas, CD e DVD batizados de “Áries da Canção”. No repertório, novas composições autorais, mescladas com canções e declamações que marcaram a sua carreira. No palco, uma banda afinadíssima e convidados especiais. Com arranjos do violinista Marcelo Fonseca e direção artística de Andrezão Simões, “Áries da Canção” é um show repleto de sopros e cordas, em uma vibrante mistura entre o popular e o erudito e que tem poesia entrelaçando as canções. Sobre Maviael Melo, o diretor artístico Andrezão Simões diz : "Maviael é quântico. Consegue vibrar e atrair muita atenção, através da sua arte poética e musical. Áries da Canção é este emaranhamento atômico entre sua arte original e a arte que habita e transforma cada um. Tudo isso está espalhado no palco, na equipe, nos convidados, na palavra e na canção, nas lentes do DVD e no universo de bem querer que este ariano-artista-genial oferta e, tenho certeza, receberá de volta nesta realização".

SOBRE ÁRIES DA CANÇÃO, POR MAVIAEL MELO :

Que sentimentos a realização de “Áries de Canção” evoca em você ?
Maviael Melo - Esse ano, por ser um ano “7”, onde fiz 47 e por ter nascido e 70, fiquei na vontade de fazer um show de aniversário. A primeira data do show seria em 21 de março, dia do meu aniversário, que abre o signo de áries, por isso “Áries da Canção”, que veio agregando ideias, trazendo outros sonhos. É do ariano sonhar e buscar fazer, assim sendo, o sentimento ariano deu vida a mais um monte de pensamentos. A gravação é a primeira parte. No processo de edição, se juntará ao trabalho “Áries da Poesia”, que traz 30 poemas que seguem na mesma unidade. O trabalho evoca em mim a certeza de que a vida é uma arte, e se doar à arte e dela se fazer cidadão, que atua e acredita no tempo melhor, de gente melhor, de ares mais sinceros. Traz em mim palavras que ouvia em casa de minha mãe, palavras de crença, de sentimentos bons. Na realidade o meu sentimento de poeta, me leva sempre a procurar os caminhos por onde quero seguir.

Como você descreveria a “alma” deste show que será CD e DVD ?
MM - O descrever da alma é um exercício muito difícil, aqui eu faço um plágio de Manoel de Barros, quando diz não querer saber mais de nada, apenas querendo aperfeiçoar o que não sabe. A alma está nos versos de cada canção e poesia.

O show tem um crescente. Começa com músicas mais suaves e depois vai ficando mais intenso...
MM - Isso é da naturalidade do tempo, os primeiros passos são normalmente de entendimento, para prosseguir mais na frente com um pouco mais de compasso, até chegar no momento mais intenso. Apesar da intensidade que se forma no decorrer do show as músicas mantem a suavidade dos versos.

E como você descreve a escolha do repertório ?
MM - A escolha do repertório aconteceu naturalmente. Na verdade cada música se escala na medida que entra na lista das cantorias que faço, por afinidade e por compor o desenho atual da minha relação com os palcos. Outras, formatam a ideia do show e complementam o sentimento de fazer da música um instrumento de provocação poética e de sensibilização. A música que abre o show (“Suplica para o amor”, de Alisson Menezes), a única não autoral, é uma daquelas músicas que todo compositor queria ter feito.

No restante do show as músicas são suas, várias delas com parceria com João Sereno. Fale desta parceria.
MM - João Sereno é um irmão que a vida me deu. Sua sensibilidade harmônica envolve e abstrai, entende cada verso do poeta. O fazer música pra gente é brincar com a vida, com as palavras e viajar em melodias que deslizam em acordes serenos. Às vezes uma poesia vem apenas pelo desejo de se fazer palavras ditas, mas de repente num olhar do compositor ela soa compassada de melodia. João Sereno tem essa capacidade de ver melodia em toda palavra.

E como foram as parcerias com Rodrigo Sestrem e Alisson Menezes ?
MM - São outros dois amigos irmãos. Rodrigo foi quem começou comigo essa trajetória aqui em Salvador. Compusemos dezenas de canções e circulamos com algumas em festivais. Sestrem é um brincante da vida, uma alma de solfejos, um poeta do sopro. Alisson Menezes é um ser de luz, sua musicalidade é espiritual e demasiadamente humana, temos algumas parcerias consolidadas e outras ainda pelo ar, se preparando para se tornar som de fato.

Os arranjos foram todos feitos por Marcelo Fonseca ? Como foi esta parceria. Eles dão uma unidade ao shows ?
MM - Os arranjos foram nascendo nas cantorias, e Marcelo tem me acompanhado há quase dois anos em diversos shows, a maioria das músicas nasceram nesse período, então naturalmente os arranjos foram se formando em cada cantoria. Isso trouxe de certa forma uma unidade sonora.

Em cena, oito músicos, contando com você. Músicos respeitados por sua excelência. Como foi escolher estes parceiros ?
MM - Afinidades e respeito pelo trabalho de cada um.

Há também participações especiais no show.
MM - Participam do show como convidados Xangai, em “Bom Matador”, João Omar, que faz “Afagos e Palavras”e também me acompanha em outras duas canções, Alisson Menezes, parceiro em “Destilações”, Celo Costa, em “Tempo Lamento”, Rodrigo Sestrem, em “Chegou a Vez” e Cicinho de Assis e Kito Matos.


Equipe de Áries da Canção”
Direção Artística – Andrezão Simões
Produção Executiva - Antonio Nykiel
Cenário - Fatima Falcon e Nyala Cardoso
Sonorização – Caetano Bezerra
Direção de Fotografia – João Lins
Luz – João Batista
Captação de Video – Alexandre Justino
Arte Gráfica – Judson da Hora
Arranjos – Marcelo Fonseca
Violino - Marcelo Fonseca
Violoncelo - João Omar
Viola - Celo Costa
Flauta - Rodrigo Sestrem
Percussão – Ferrete
Sanfona – Cicinho de Assis
Percussão – Gabi Guedes
Clarinete – Ivan Sacerdote
Violão de 7 Cordas – Kito Matos
Assessoria de Imprensa : Doris Pinheiro – 71 98896-5016

Participações:
Marcone Melo
Xangai
Repertório

Suplica para o amor (Alisson Menezes)
Afagos e Palavras (Maviael Melo)
Amar e Ser (Maviael Melo e João Sereno)
Flores sem espinhos (Maviael Melo e João Sereno)
Silencio (Maviael Melo e João Sereno)
A noite é o vinho (Maviael Melo e João Sereno)
Jamais te esquecerei (Heleno Louro)
Conjecturas (Maviael Melo e Rodrigo Sestrem)
Tempo Lamento (Maviael Melo)
Bom Matador (Maviael Melo e João Sereno)
Intenções (Maviael Melo e João Sereno)
12. Destilações (Maviael Melo e Alisson Menezes)
Interferências (Maviael Melo e João Sereno)
Dois em Um (Maviael Melo e João Sereno)
Por você! Pra você! (Maviael Melo)

Serviço:
O que: Show “Áries da Canção”, com gravação do CD e do DVD de Maviael Melo
Onde: Teatro Módulo, Pituba – Avenida Professor Magalhães Neto, 1177
Quando: 11 de maio, quinta-feira, às 20 horas
Quanto: $40 (inteira) - $20 (meia)
Ingressos à venda no Teatro Módulo, na bilheteria, de quarta à domingo, das 15h às 19h, pelo telefone 71 2626-1002 e no site www.compreingressos.com


 
 

 

 


 

 

 
 



Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.



 
 
create', 'UA-40109063-1', 'noticiacapital.com.br'); ga('send', 'pageview');