Página Inicial  |  Perfil  |  Equipe  |  Contato  | 
Links

  

redacao.noticia@noticiacapital.com.br
71 9128-9520

                             
 
  Home - Notícias - APLB participa de protesto de comunidade contra péssimas condições de escola
 

Categorias

  Brasil
  Cultura
  Cursos & Concursos
  Dos Blogs & Sites
  Economia
  Educação
  Entrevistas e Reportagens
  Esporte
  Geral
  Internacional
  Mosaico
  Municípios
  Notas
  Opinião
  Politica
  Salvador
  Saúde & Medicina
  Turismo
 

Colunistas

 Agenor Calazans
 Aldo Trípodi
 Alessandra Nascimento
 Gerson Brasil
 Gil Vicente Tavares
 Guto Amoedo
 Kim Niederauer
 Marcelo Torres
 Valter Xéu
 Vitor Carvalho
 

Serviços

  Coelba
  Embasa
  Auxílio a Lista
  Prefeitura de Salvador
  Previdência Social
  Receita Federal
 
NOTÍCIAS
 
APLB participa de protesto de comunidade contra péssimas condições de escola
17/05/2017 10:35:00

Ontem, terça-feira (16), mais uma vez a direção da APLB-Sindicato esteve na Escola Municipal Maria da Conceição Santiago Imbassahy, localizada no bairro de Tancredo Neves, para apoiar e acompanhar a mobilização de pais, alunos e trabalhadores do local, em defesa do funcionamento pleno daquela unidade escolar, que se encontra em situação crítica, com sérios problemas estruturais, que representam risco para a segurança e integridade de alunos e educadores.

Desta vez, pais, alunos e professores realizaram uma grande manifestação, durante a qual aconteceu uma reunião para debater a situação da escola, bem como um ato público na Rua Direta de Tancredo Neves, cuja via foi bloqueada, impedindo a passagem dos carros.

A escola estava interditada e há dias os alunos estão sem aulas, porém a providência tomada pelo Executivo Municipal foi enviar um engenheiro para fazer a análise estrutural do prédio, o qual concluiu, mesmo diante das evidências contrárias, que a escola está em condições de funcionamento. A comunidade escolar está indignada e não concorda que a escola volte a funcionar sem que haja uma recuperação do prédio. Por isso, promete continuar a mobilização.

A APLB-Sindicato disse comungar com a preocupação de pais, alunos e professores da Escola Maria da Conceição Santiago Imbassahy, que defende que a Educação seja tratada como prioridade pelo poder público, exige providências imediatas, e vai continuar acompanhando a situação "até que haja uma solução que respeite a segurança e o direito dos alunos e dos trabalhadores em Educação lotados naquela unidade escolar".

Na segunda-feira (15), a direção da APLB esteve na Escola Municipal Maria da Conceição S. Imbassahy e constatou a situação crítica do local. Paredes com rachaduras, vazamento de água, sujeira, grades enferrujadas, piso quebrado, buracos no chão, “verdadeiras crateras”, fiação elétrica e tubulação de água exposta, muita sujeira e nenhuma manutenção. Estas são as condições atuais da escola, localizada, na Estrada das Barreiras, no bairro de Tancredo Neves. Para a APLB-Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia, a Educação tem de ser tratada como prioridade na prática e não apenas na propaganda do Executivo Municipal. "A APLB-Sindicato sempre defendeu uma Educação de qualidade, mas com condições dignas para alunos, comunidade e trabalhadores em educação. Em todas as reuniões com a Secretaria Municipal da Educação têm insistido nas melhorias das condições de trabalho, não se atendo apenas à pauta sobre remuneração. Por isso, denuncia o estado crítico da Escola Municipal Maria da Conceição Santiago Imbassahy e exige soluções", enfatiza.


 
 

 

 


 

 

 
 



Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.



 
 
create', 'UA-40109063-1', 'noticiacapital.com.br'); ga('send', 'pageview');