Página Inicial  |  Perfil  |  Equipe  |  Contato  | 
Links

  

redacao.noticia@noticiacapital.com.br
71 9128-9520

                             
 
  Home - Notícias - Presidente do Sinpojud garante que sociedade será penalizada com desativação de comarcas
 

Categorias

  Brasil
  Cultura
  Cursos & Concursos
  Dos Blogs & Sites
  Economia
  Educação
  Entrevistas e Reportagens
  Esporte
  Geral
  Internacional
  Mosaico
  Municípios
  Notas
  Opinião
  Politica
  Salvador
  Saúde & Medicina
  Turismo
 

Colunistas

 Agenor Calazans
 Aldo Trípodi
 Alessandra Nascimento
 Gerson Brasil
 Gil Vicente Tavares
 Guto Amoedo
 Kim Niederauer
 Marcelo Torres
 Valter Xéu
 Vitor Carvalho
 

Serviços

  Coelba
  Embasa
  Auxílio a Lista
  Prefeitura de Salvador
  Previdência Social
  Receita Federal
 
NOTÍCIAS
 
Presidente do Sinpojud garante que sociedade será penalizada com desativação de comarcas
19/05/2017 10:49:09

O presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado da Bahia (Sinpojud), Zenildo Castro, e a diretoria da entidade vêm participando de inúmeras audiências públicas e moções de repúdio, no intuito de discutir e tentar barrar a desativação de comarcas importantes no interior do estado.

Castro tem se manifestado contrário a desativação e exposto motivos para que não sejam desativadas mais comarcas. “Em 2011, o então presidente do Tribunal de Justiça, agregou cerca de 50 comarcas, o que trouxe muita dificuldade aos moradores desses municípios, além de amontoar processos para os servidores e magistrados, que se viram sobrecarregados com os processos originários daquela comarca, unidos aos novos processos das comarcas agregadas”, explica Castro.

O Sinpojud tem contado com o apoio das Câmaras Municipais, OAB, CDL, comerciantes e prefeitos, na luta contra a possível desativação de mais de 100 comarcas no interior do estado.

Para Zenildo Castro, o que estiver ao alcance do Sinpojud para intervir na decisão será feito pela entidade. “Não podemos permitir que a sociedade e os servidores sejam mais penalizados do já são. A Justiça baiana já é caótica, em virtude do deficit de servidores e das dificuldades vivenciadas, o Sinpojud não pode permitir que isso venha tornar mais grave a situação da Justiça”, critica Castro.

A Diretoria Executiva do Sinpojud acredita que o acesso à Justiça é um direito de todos os cidadãos e o Tribunal de Justiça está tentando impedir esse direito básico com a desativação de comarcas.


 
 

 

 


 

 

 
 



Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.



 
 
create', 'UA-40109063-1', 'noticiacapital.com.br'); ga('send', 'pageview');