Mutirão de Cirurgias atende moradores da região de Candeias

      
O município de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), recebe atendimento médico facilitado com o Mutirão de Cirurgias, promovido pelo Governo da Bahia, por meio do programa Saúde Sem Fronteiras. As unidades móveis estão estacionadas na Praça Dr. Gualberto Dantas Fonte, no centro da cidade, até a próxima sexta-feira (28). Além de Candeias, são atendidos moradores de Santo Amaro, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Madre de Deus e Saubara. 


Os pacientes passam por consultas pré-operatórias para serem submetidos a intervenções cirúrgicas de retirada de hérnias (umbilical, inguinal e epigástrica), além de histerectomia total e colecistectomia. De acordo com coordenador do mutirão, Deleon Francisco, o objetivo é reduzir a fila de espera no Sistema Único de Saúde (SUS). 

"Esses são pacientes que estavam na fila. O mutirão traz uma equipe médica e toda a estrutura para atendê-los. Também é feito o acompanhamento desses pacientes após as cirurgias, que começam a ser feitas no dia ‪5 de agosto, no Hospital Ouro Negro, em Candeias", explica o coordenador. 

Por dia, a ação promove 180 atendimentos pré-agendados e 20 por demanda espontânea. O paciente precisa ter indicação médica para a cirurgia e ter feito o cadastro na Secretaria de Saúde do município de residência. Caso não esteja cadastrado, mas tenha exames laboratoriais que comprovem a necessidade de uma das cirurgias oferecidas, ele pode passar pelas consultas pré-operatórias. É necessário apresentar RG, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS. 

Antes do procedimento cirúrgico, os pacientes fazem exames como ultrassonografia, eletrocardiograma e raio X. Cerca de 700 pessoas devem ser atendidas até sexta (28). A dona de casa Celeste de Jesus, 43 anos foi uma das primeiras a marcar a cirurgia. “Gostei muito dessa iniciativa. A região estava realmente precisando. Eu espero há dois anos por essa operação. Hoje fiz os exames e já estou saindo daqui com a data marcada do procedimento. É uma dádiva, não tenho palavras para agradecer aos responsáveis por esse mutirão".

Procedimentos

Os pacientes que farão cirurgias de vesícula (colecistectomia) precisam estar em jejum para a realização da ultrassonografia. Para as mulheres que farão histerectomia, é preciso apresentar o exame preventivo atual e, se ainda menstruam, o exame Beta HCG. Além disso, todos devem levar exames laboratoriais e outros que possuam. 

O cadastramento dos pacientes é feito pelas secretarias municipais de saúde, que devem manter a Lista Única atualizada, com as principais demandas de cada município. Para saber se a pessoa está cadastrada para passar pela cirurgia, basta consultar a lista única, disponível no site do mutirão (mutiraodecirurgias.saude.ba.gov.br). 

O paciente ou responsável também pode ir até a Secretaria de Saúde do município onde mora, para saber se o nome consta na lista para a realização do procedimento. O Mutirão de Cirurgias tem a meta de atender 13 mil baianos. Todos os 417 municípios do estado serão contemplados com o projeto.