Tricolor derrota o São Paulo e volta a vencer na Fonte Nova

      



A comemoração de um triunfo dentro de casa, que não acontecia desde o início do mês de junho, voltou a tomar conta dos tricolores na tarde de domingo (6). Na Arena Fonte Nova, pela 19ª rodada da Série A, o Tricolor de Aço derrotou o São Paulo por 2 a 1, com gols de Régis e Mendoza. Agora, com 23 pontos, o Esquadrão terá uma semana inteira de preparação até o próximo compromisso, contra o Atlético Paranaense. A partida será realizada na Arena da Baixada, domingo (13), às 19h. O Bahia, que terá o retorno de Matheus Reis, após cumprir suspensão, não perdeu atletas por questões disciplinares (terceiro cartão amarelo).


Jogo
A primeira jogada da partida foi do Bahia. Aos 4, Mendoza foi até a linha de fundo e cruzou para área, mas Zé Rafael furou e não finalizou. O lance seguiu e a bola parou nos pés de Edson, que arriscou de longe e mandou para fora. Aos 15, também da entrada da área, Zé Rafael bateu de esquerda e Renan Ribeiro encaixou.
O jogo seguiu equilibrado até os 40 minutos. Mendoza recebeu um lançamento longo, dominou bonito e lançou para Rodrigão. O centroavante, no papel de garçom, tocou rasteiro e deixou Régis, dentro da pequeno área, na cara do gol. O camisa 20, de direita, só empurrou e fez Bahia 1 a 0. O segundo gol não demorou para sair. Aos 43, a defesa do São Paulo errou a saída de bola e Zé Rafael, esperto no lance, tocou para Régis. O camisa 20 olhou para o lado, não foi fominha, e serviu Mendoza: primeiro gol do colombiano pelo Tricolor.
Antes do intervalo, em um lance duvidoso, o Sâo Paulo diminuiu com gol de pênalti, aos 47 minutos, cobrado por Hernanes.


Etapa final
Mendoza, aos 2 minutos, arrancou com velocidade pela esquerda, passou por dois e cruzou rasteiro para área. Para infelicidade dele, ninguém aproveitou a jogada e a bola saiu. Aos 7 minutos, em cobrança de escanteio, Edson subiu mais que o adversário e testou por cima.
O São Paulo pressionou, pressionou, mas não conseguiu furar o bloqueio defensivo do Esquadrão. Aos 32, após contra-ataque, Mendoza finalizou fraco e o goleiro adversário segurou.
Allione, nos minutos finais, marcou um golaço por cobertura. No entanto, o auxiliar marcou impedimento do camisa 8. (EC Bahia) (Foto Romildo de Jesus)