Passageiro pagará uma só tarifa para ônibus e metrô

      



O transporte público de Salvador terá integração entre ônibus e metrô a partir desta quinta-feira (10). "Já a partir de amanhã (quinta), todo o sistema estará integrado. Qualquer passageiro que ande em qualquer ônibus pode pegar qualquer linha do metrô, em qualquer estação, e com isso pagar apenas uma passagem", anunciou o prefeito de Salvador, ACM Neto. A informação foi divulgada durante entrevista coletiva sobre a mudança que acontecerá no sistema de transporte de Salvador e prevê revisão de 206 linhas de ônibus da cidade.


Até hoje, a integração com o metrô contemplava cerca de 45% das linhas de ônibus da cidade, para 500 mil pessoas diariamente.

PUBLICIDADE

Com a integração entre os modais, no intervalo de duas horas, conforme matéria do Correio, o passageiro poderá pegar um ônibus, um metrô e trafegar em outro ônibus pagando uma única tarifa. "Vamos ter um sistema único de ônibus e metrô em nossa cidade, mas nós vamos ter que contar com a comunicação e informação das pessoas, porque a vida delas vai mudar", explicou o prefeito.

Na divisão da tarifa, o prefeito informou que quando a pessoa usar o metrô e o ônibus o valor de R$ 1,42 vai para ônibus e o resto para o metrô. "Estamos determinando ao sistema que a tarifa seja de R$ 1,42 no ônibus, acatando a tarifa de R$ 1,42, até que os estudos sejam concluidos e as análises sejam finalizadas pra que se chegue ao valor correto dos ônibus. Acaba qualquer dúvida, celeuma. O dever da prefeitura é enxergar o sistema como um único sistema. É a lógica desde o princípio", argumentou Neto. Para o passageiro, o valor não muda. Cada passagem custa R$ 3,60.

O prefeito afirmou também que as empresas de ônibus foram informadas sobre a integração com o metrô na semana passada, e não haverá nenhum subsídio por parte da prefeitura por causa da mudança.

A CCR Metrô informou, através da assessoria de comunicação, que o sistema já estará preparado para funcionar a partir desta quinta, integrando as duas linhas do metrô com todos os ônibus que circulam na capital baiana.


Ao Correio, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Setps) disse que não ia se posicionar. Já o Ministério Público (MP) informou que vai aguardar uma reunião, na próxima segunda (14), junto com Governo do Estado e com a prefeitura de Salvador. Sobre o anúncio de ACM Neto, a promotora de justiça Rita Tourinho disse: "Hoje, o prefeito assinalou o projeto de integrar e isso é um ponto positivo porque é o que a população espera. Nós entendemos que a integração é necessária e que o sistema só ocorrerá bem se ela acontecer."

Procurado, o Governo do Estado ainda não se posicionou sobre a integração.

Atualmente, 14 estações estão funcionando nas linhas 1 e 2. Na Linha 1, o metrô vai da Lapa até Pirajá e na Linha 2, o modal faz o trajeto do Acesso Norte até Pituaçu. No próximo mês a previsão é de que sejam entregues as estações Flamboyant, Tamburugy, Bairro da Paz e Mussurunga. (Do Correio)