Dieta low carb exige orientações e dosagens certas para funcionar

      



A dieta low carb tem ganhado cada vez mais adeptos, atraídos pela perda de peso rápida. De fato, se bem feita, a dieta é segura e pode proporcionar um emagrecimento saudável, mas pequenos deslizes podem colocar a imunidade em risco. O acompanhamento nutricional é fundamental para seguir corretamente a dieta, que prioriza alimentos naturais. O nutricionista Thomas Araújo, da Rede Alpha Fitness, explica que uma alimentação normal é dividida, a grosso modo, em carboidratos, lipídios e proteínas. “Os carboidratos representam de 50% a 60% das calorias diárias, os lipídios ficam entre 25% e 30%, enquanto a proteína gira entre 12% e 15%. Na dieta low carb, a quantidade de carboidratos é reduzida e varia entre 15% e 30%, dependendo do objetivo da pessoa”, explica. A low carb bem-feita não retira totalmente os carboidratos e, por isso, não provoca tantos efeitos colaterais. Cortar o carboidrato de forma abrupta pode comprometer bastante o sistema imunológico. Além disso, prejudica a performance, em especial daqueles esportes de alta intensidade, como o crossfit, . “É fundamental fazer a dieta com o acompanhamento de profissionais como um nutricionista. Assim, a quantidade de carboidrato será dosada adequadamente de acordo com as necessidades diárias, evitando sintomas desagradáveis”, explica Thomas.