Bahia derrota o Vasco em tarde inspirada de Mendoza

      



Após o primeiro turno, o torcedor do Esquadrão cobrou um time mais eficiente dentro de casa. Então, no que depender da primeira atuação do 2º turno, na Arena Fonte Nova, os tricolores terão motivo para lotar o estádio e confiar no elenco Tricolor.

Na tarde deste domingo (20), pela 21ª rodada da Série A, o Bahia enfrentou o Vasco da Gama e derrotou o time carioca por 3 a 0. O zagueiro Tiago marcou o primeiro e os outros dois saíram do pé direito de Mendoza.
A próxima exibição será outra vez em Salvador. Domingo (27), às 16h, na Arena Fonte Nova, o Tricolor de Aço recebe a equipe do Botafogo.


Jogo
Com menos de 2 minutos, após bola roubada, Zé Rafael deixou Rodrigão na cara do gol. O centroavante chutou e foi travado na ‘hora H’ pelo lateral Ramon. No lance seguinte, o time visitante teve espaço e o meia Wagner, de esquerda, levou muito perigo ao goleiro Jean.

Aos 10 minutos, dentro da área, o meia Régis tentou uma, duas vezes, mas o arremate foi interceptado pelo zagueiro Anderson Martins.
O primeiro gol do Tricolor de Aço saiu aos 22 minutos. Régis, do lado esquerdo, cobrou escanteio e encontrou o capitão Tiago, na marca do pênalti. O camisa 3 cabeceou firme, no canto esquerdo, e correu para o abraço: Bahia 1 a 0.
No fim do primeiro tempo, o Vasco quase empatou com o meia Wagner, que finalizou de dentro da área e acertou a trave. No entanto, apesar do susto, quem conseguiu mesmo balançar a rede adversária foi o Esquadrão, aos 48 minutos, no último lance da primeira etapa.

O time visitante teve uma falta ao seu favor, mas a defesa do Bahia cortou e Régis, após o desvio de cabeça, iniciou um rápido contra-ataque. Mendoza recebeu o passe, pouco depois do meio de campo, e disparou. O lateral Ramon tomou à frente, porém, errou no domínio e deixou o colombiano sozinho. Mendoza driblou o goleiro vascaíno e tocou para fazer Bahia 2 a 0.


Últimos 45 minutos
O segundo tempo, para o Bahia, começou da melhor forma possível. Com menos de 2 minutos, o goleiro Jean cobrou o tiro de meta e, mesmo sem saber, deu início ao lance do terceiro gol. A defesa do Vasco não cortou e Zé Rafael aproveitou, já tocando para Régis. O camisa 20 percebeu a movimentação e lançou Rodrigão, que finalizou de bico e parou nas mãos de Martín Silva.
No entanto, a defesa do goleiro adversário foi parcial e Mendoza, outra vez de perna direita, completou: Bahia 3 a 0.

O quarto gol, por pouco, não saiu aos 24 minutos. Jean, após cobrança de falta, foi no terceiro andar, encaixou e já iniciou o contra-ataque. Mendoza correu, passou da linha do meio de campo e tocou para Rodrigão, dentro da grande área. O camisa 39 finalizou com categoria, de chapa, mas a bola foi para fora. (Do EC Bahia/Foto: Romildo de Jesus)