Harvey retorna à costa dos EUA e segue causando fortes chuvas no Texas

      



A tempestade tropical Harvey deixará nesta quarta-feira (30) as águas do Golfo do México para tocar terra novamente nos Estados Unidos, segundo os prognósticos do Centro Nacional de Furacões (NHC), que alerta para novas chuvas torrenciais sobre o Texas, onde já morreram pelo menos 16 pessoas. As informações são da EFE.

Na madrugada de hoje, o ciclone, com ventos de 85 quilômetros hora, se movia a nove quilômetros por hora (km/h) rumo ao leste, mas mudou de direção para o norte-noroeste para tocar terra nas primeiras horas de quarta-feira, indicou o NHC em seu último boletim de terça-feira (29).

Quando o ciclone alcançar a costa novamente, não se preveem mudanças significativas na força dos ventos de Harvey, que tocou terra pela primeira vez no Texas na sexta-feira (25) passada com ventos de 215 km/h, o que lhe converteu em furacão de categoria 4 na escala Saffir Simpson, que vai até 5.

No entanto, o NHC antecipa um "enfraquecimento gradual" a partir de agora quande se posicionará sobre a área fronteiriça do Texas e da Louisiana.

Dessa forma, a categoria de Harvey poderia se rebaixar para um ciclone tropical na tarde de hoje no seu caminho em direção ao interior do país.

Inundações

Apesar disso, os meteorologistas alertam que Harvey poderia produzir mais chuvas com acúmulos de 15 a 30 centímetros na zona metropolitana de Houston, a cidade mais afetada pelas inundações, bem como no nordeste do Texas e no sudoeste da Louisiana.

Outras tempestades na costa norte do Texas, onde se encontram Houston e Galveston, poderiam atingir um total de 1,2 metros.

Estas chuvas, segundo o NHC, produzem atualmente inundações "catastróficas e potencialmente mortais" em grandes áreas do Texas e de Louisiana.

O outro grande perigo é o aumento do nível do mar nas áreas costeiras, devido à ressaca ciclônica e às altas ondas provocadas pelos fortes ventos, e em algumas zonas se esperam aumentos do nível do mar de até um metro de altura.

As autoridades do Texas elevaram a cifra provisória de mortos pela passagem do furacão "Harvey" para 16, mas reconheceram que provavelmente o número subirá, uma vez que os trabalhos de resgate e as chuvas continuam.