Metrô é mais uma contribuição do PT na mobilidade em Salvador, avalia Galo

      



A entrega de 4 novas estações do metrô, que passou a funcionar comercialmente até a estação Mussurunga é mais uma importante contribuição dos governos Jaques Wagner e Rui Costa, do PT, para a mobilidade urbana em Salvador. A avaliação é do deputado estadual Marcelino Galo (PT), que participou da inspeção do funcionamento das estações Flamboyant, Tamburugy, Bairro da Paz e Mussurunga.

"O metrô, que por muitos anos, quando era gerido pela prefeitura, foi motivo de vergonha e piada nacional, hoje é um orgulho para os baianos. Ele faz parte de um conjunto de intervenções feitas nos governos de Jaques Wagner e Rui Costa, que transformaram a mobilidade em Salvador. São obras estruturantes, como a requalificação das avenidas Pinto de Aguiar e Orlando Gomes, a construção do sistema viário Dois de Julho, no aeroporto, da Via Expressa Baía de Todos os Santos, dos viadutos do Imbuí, de Narandiba e do Bairro da Paz, além dos viadutos que contemplam a obra do metrô. E ainda teremos a avenida 29 de março, as Linhas Vermelha e Azul que vão consolidar essa transformação viária e na mobilidade urbana da nossa capital", afirmou Galo.

Com entrega das novas estações, o metrô de Salvador agora conta com 19 estações e 29 quilômetros em operação nas Linhas 1 e 2. A previsão é que a estação aeroporto, em Lauro de Freitas, seja entregue até o fim do ano, tornando o sistema metroviário de Salvador o terceiro maior do Brasil. "O governador Rui Costa está de parabéns por essas obras estruturantes, tamanho G, que dão mais qualidade de vida à população", enfatizou o parlamentar.