Deputado cobra recuperação de estradas do Litoral Norte

      



Ciente das demandas do Litoral Norte, o deputado estadual Alex Lima (Podemos) cobrou a recuperação de BAs da região. De acordo com o parlamentar a BA 093, do trecho de Pojuca a saída na BR 101, município de Entre Rios; o trecho da BA 400, que liga Entre Rios a Cardeal da Silva; e a Estrada do Imbé, que liga a BA 093 a Linha Verde, estão em más condições de trafegabilidade e precisam de Operação "Tapa Buraco". Já em Jandaíra, a maior necessidade é o recapeamento da BA 396 para ligar o município à Linha Verde. “Desde o início do mandato recebo inúmeras queixas sobre algumas rodovias da região. Motoristas se arriscam diante das más condições e ainda ficam prejudicados diante dos problemas. Em relação à Jandaíra, é extremamente necessário uma estrada de ligação à Linha Verde, uma vez que o município tem grande potencial turístico”, disse.

Diante dos problemas relatados por moradores da região, o deputado ainda chamou atenção sobre a quantidade de buracos e riscos de acidentes. “Estas BAs são usadas por turistas e visitantes, que procuram as praias e cachoeiras do Litoral Norte e a maioria deles se queixa sobre a quantidade de buracos nas pistas, sobretudo nas curvas. Não podemos deixar que motoristas e passageiros se arrisquem em manobras perigosas por conta de estradas mal conservadas. O Litoral Norte tem grande apelo turístico e é extremamente dependente de rodovias de boa qualidade. Por isso, precisamos de uma ‘operação tapa buraco’ para garantir o conforto e segurança de todos”, completou.

EMPRÉSTIMO - Em agosto de 2015, o parlamentar solicitou, através de ofício à Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), a recuperação da BA 093. No entanto, o barramento da liberação do empréstimo do Banco do Brasil ao Governo do Estado tem dificultado o trabalho de recuperação de estradas na Bahia. “O governador Rui Costa tem trabalhado para garantir o desenvolvimento do estado, mas infelizmente estamos lidando contra articulações maldosas que tentam inviabilizar o empréstimo e impedem a revitalização de nossas estradas. Tenho certeza que, assim que for possível, nossas estradas estarão novas”, afirmou.