Rotary entrega à FJS Saúde Móvel para diagnóstico da tuberculose

      



A Bahia conta com a primeira unidade destinada exclusivamente ao diagnóstico de pacientes com tuberculose junto às populações em situação de rua e privada de liberdade e catadores de recicláveis. A entrega da Saúde Móvel foi feita anteoontem (13) em solenidade realizada pela Fundação José Silveira (FJS), Rotary Club da Bahia e a Academia Brasileira Rotária de Letras. O equipamento cedido pelo Rotary para o IBIT (Instituto Brasileiro para Investigação da Tuberculose), unidade da FJS, dispõe de sala de Raio X e estrutura de coleta de material para a realização do teste rápido, realizado no Laboratório da FJS. “Com essa iniciativa, reafirmamos a parceria da Fundação com o Rotary Clube da Bahia, que perdura há oitenta anos, reforçando o combate à tuberculose e o legado do Professor José Silveira”, afirmou o presidente da FJS, Dr. Geraldo Leite. “O Rotary está de mãos dadas com a Fundação nesse projeto para combater essa doença silenciosa, que ainda hoje causa milhões de mortes”, ressaltou o governador do Distrito 4550 do Rotary Internacional, Henrique Trindade. Na ocasião, a superintendente da FJS, Leila Brito, apresentou a estratégia de controle da tuberculose a ser executada com a Saúde Móvel. A solenidade foi prestigiada pela sociedade baiana, lideranças do Rotary e diversas autoridades, entre as quais o secretário Estadual de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado, Nestor Duarte, a promotora de Justiça e coordenadora do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos do Ministério Público, Márcia Teixeira, entre outros. O evento reuniu, ainda, associações representativas dos cidadãos em condição de exclusão social, mais atingidos pela doença.