Casa Nova: Cresce a luta por energia em todas as comunidades

      



O Programa Luz Para Todos, que beneficiou inúmeras comunidades rurais, no norte e nordeste do Brasil, foi interrompido no início do governo Temer e vem sendo retomado aos poucos, de acordo com as disponibilidades de recursos e projetos encaminhados ao Ministério de Minas e Energia.

Na Bahia o Luz para Todos continua executando obras que foram iniciadas, mas nenhuma nova obra foi autorizada. Porém, a maior insatisfação de comunidades, como as de Lagoa do Sal, Salininha, Vereda dos Potes e Olho d’Água, comunidade na região de Pau a Pique no interior do município de Casa Nova, a mais de 100 quilômetros da sede, é o fato de diversos projetos terem sidos aprovados, recursos liberados, obras iniciadas, mas não em toda a extensão que estava programada ou não atendem as comunidades a que estavam destinados os recursos.

Na sexta-feira (17/11), o prefeito Wilker Torres esteve presente a um ato de protesto das comunidades que reivindicam a continuidade das obras do Luz Para Todos, a extensão de alguns projetos e o início de outros: “Ainda há uma enorme necessidade de energia elétrica em inúmeras comunidades de nosso município” – constata Wilker – “É uma extensão territorial enorme, com comunidades que precisam ser lembradas”.

Lembrando das dificuldades e da crise, o prefeito comprometeu-se com as comunidades reunidas ir “a Brasília, ao Ministro, aos deputados, mas só vou ficar satisfeito no dia em que garantirem energia para estas comunidades”: “Fomos escolhidos com o compromisso de ouvir as comunidades, assumir a luta daqueles que mais precisam e ser voz no Estado e em Brasília em defesa dos interesses dos casanovenses. A energia é uma das maiores necessidades de nossa gente. Vou fazer o impossível para que estas comunidades tenham energia”.