Contagem regressiva: Saiba como chegar no Festival da Virada de Salvador

      



Foto e texto: correio24horas
O Festival Virada Salvador já começa nesta quinta-feira (28). Para quem vai dar as boas-vindas a 2018 na Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio, é preciso saber como chegar e sair da festa, que segue até o dia 1º de janeiro. Dá para ir de carro, de táxi, mototáxi, de ônibus e até integrar com o metrô.

Quem for usar o transporte público para curtir os festejos, por exemplo, vai contar com uma linha especial com ônibus saindo a cada dez minutos da estação de metrô Pituaçu com destino à Arena Daniela Mercury. A informação foi divulgada nesta terça-feira (27) pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), durante entrevista coletiva para apresentar os serviços oferecidos durante a festa.

De acordo com o secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota, essa linha vai funcionar até quando o metrô estiver operando - segunda a CCR Metrô Bahia, o modal vai operar das 5h à meia-noite. “Foi uma forma que a gente encontrou de integrar o metrô com o festival”, disse Mota. Haverá também dois pontos de táxi extras dentro do circuito e três pontos oficiais de mototáxi, além dos 700 ônibus com horário prolongado. Serão 43 linhas funcionando 24h, além de outras 28 do Sistema de Transporte Complementar.


“Teremos 700 ônibus funcionando 24h em toda abrangência do festival. Sabemos que tem muitas pessoas que não vão vir para o festival e querem ter acesso a outros locais da cidade, então a operação montada para o festival não interfere nem na vida, nem no dia a dia de outros bairros da cidade de Salvador, que continua normal”, diz Mota.

Serão criados também dois pontos de ônibus provisórios no entorno. Um na Avenida Octávio Mangabeira, em frente à Avenida Jorge Amado, para linhas sentido Itapuã. O outro ficará na Avenida Simon Bolívar, próximo ao Centro de Convenções. De lá sairão linhas com destino ao Centro, IAPI, Caixa D’Água, Liberdade, Cidade Baixa e Suburbana.

Na noite do dia 31 haverá uma frota extra de ônibus reguladores nas estações de transbordo . A estação da Lapa ficará aberta até as 5h durante todos os dias do festival.

Quem estiver cansado e não quiser caminhar um quilômetro até o ponto de ônibus, zona azul, estacionamento ou ponto de táxi, pode pegar um táxi triciclo entre amanhã e sábado (30). Os equipamentos que normalmente ficam na Praça da Sé farão a viagem por R$ 5. Para quem for de bicicleta, haverá paraciclos.

Os turistas contarão com uma mordomia especial. Eles poderão ter transporte gratuito dos hotéis até a Arena Daniela Mercury, graças a uma parceria com a Salvador Bus.

Quem não usar o transporte público e for de carro contará com mais de 2.800 vagas de estacionamento. Serão 1,5 mil vagas no antigo Aeroclube e mais 1.330 na Zona Azul.

Saiba onde estacionar
* Dentro da Arena Daniela Mercury Serão 1,5 mil vagas num estacionamento montado no antigo Aeroclube. Lá, a vaga custará R$ 30 e dará acesso exclusivo ao local da festa;
* Zona Azul No entorno do local da festa, serão disponibilizadas mais 1.330 vagas, de zona azul - a R$ 20 -,no Jardim de Alah, na Avenida Octávio Mangabeira (após Av. Jorge Amado), e nas quadras da Boca do Rio.

Quem for de Uber ou de carona não poderá parar em qualquer lugar - foram estabelecidos pontos de embarque e desembarque: quem chegar à Arena deve parar no lado direito da Avenida Octávio Mangabeira, sentido Itapuã, entre o restaurante Yemanjá e o posto de combustível. Para a saída, este ponto passará para o lado oposto da via, entre a saída da Avenida Simon Bolívar e o Yemanjá, sentido Pituba.

Quem mora na região não vai precisar comprovar o endereço para ter acesso, uma vez que a única via interditada será a que foi inaugurada recentemente atrás do Aeroclube. (Do Correio24horas)