Gregório de Mattos ganha homenagem com estátua interativa, espetáculo e exposição

      



Uma programação especial vai marcar as homenagens a um dos poetas mais importantes da história da Literatura Brasileira, além das três décadas de existência da instituição que leva o nome dele: Gregório de Mattos. As atividades promovidas pela Prefeitura, por meio da Fundação Gregório de Mattos (FGM), começam no próximo dia 5 e envolvem inauguração de estátua interativa, exposição e espetáculo que retrata a figura emblemática, irreverente, instigante e crítica do “Boca do Inferno”.

Resultado de uma solicitação antiga dos soteropolitanos, a estátua será inaugurada no dia 5, às 18h30, na área externa do Teatro Gregório de Mattos (TGM). Confeccionada em fibra de vidro pelo artista plástico baiano Tati Moreno, a obra possui o tamanho real do poeta e conta com dispositivo vocal de presença. Ou seja, quem se aproximar da escultura terá a grata surpresa de escutar trechos das poesias de Mattos declamadas na voz do ator Jackson Costa. Além disso, a localização da obra também dialoga simbolicamente com a estátua de Castro Alves, outro grande poeta baiano.

Logo em seguida, na Galeria da Cidade do TGM, acontece a abertura da exposição interativa GREGÓRIOS. Ambientada num circuito dinâmico e criativo, a mostra possui diversas texturas e é composta pela vasta obra creditada a Gregório de Mattos. A intenção é criar uma atmosfera seiscentista da Salvador do poeta, por via da iluminação, dos sons, de imagens e objetos que certamente vão transportar os visitantes àqueles tempos em que a capital da Bahia já se fazia majestosa e a mais importante cidade das Américas.

Como parte integrante da exposição, será destinado um espaço retratando a trajetória da FGM, criada em 1986 e que, ao longo de três décadas, foi uma instituição importante para alavancar ações e projetos culturais em Salvador. GREGÓRIOS foi o último trabalho assinado pelo artista plástico e cenógrafo Joãozito – após o falecimento, o projeto vem sendo tocado pela viúva e artista plástica Lanussi Pasquali. Na ocasião, a FGM fará uma homenagem a esse artista completo e pessoa ímpar. A exposição gratuita ficará aberta ao público até maio, com visitação de terça a domingo, das 14h às 18h. Como legado, a Galeria da Cidade ganhará um Memorial com parte do acervo exposto.

Já na Sala Tabaris, também na sexta-feira (5), às 20h, e dias 6 e 7, às 19h, o ator Ricardo Bittencourt e o músico Leonardo Bittencourt sobem ao palco para uma curta temporada do “Boca a Boca: um solo para Gregório”. Em uma narrativa radicalmente contemporânea, o espetáculo traz um recital de poesias do Boca de Brasa em formato de show de rock. Em cena, Ricardo interpreta poesias e fala sobre a vida e a obra de Gregório de Mattos. Os ingressos custam R$20 e R$10 (meia) – exceto no dia 5, quando a entrada é gratuita e o acesso será feito mediante senha.