"Carinho dos baianos me motiva a continuar na luta", diz Lídice

      



A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) classificou com energizante a sua passagem pelo cortejo de oito quilômetros da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no Comércio, até a Basílica de Senhor do Bonfim, no bairro de Itapagipe, em Salvador, na quinta-feira (11). Ao longo do trajeto, a parlamentar foi cumprimentada por populares, servidores públicos estaduais e municipais, policiais e baianas. "O carinho dos baianos me motiva a continuar na luta. Cada manifestação de apoio faz com que eu siga confiante para enfrentar os desafios de 2018", afirmou.

Lídice saiu no cortejo oficial acompanhada do governador Rui Costa (PT) e, em seguida, passou por diversas alas como a do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e do PSB, que tinha ainda o deputado federal Bebeto Galvão, os estaduais Angelo Almeida e Fabíola Mansur e os vereadores Silvio Humberto (Salvador) e Edivaldo Palhaço (Lauro de Freitas) e os secretários do partido, Rodrigo Hita e Domingos Leonelli, bem como dos militantes socialistas.

A senadora baiana também fez uma breve visita às Obras Sociais Irmã Dulce, que ela sempre destina recursos, acompanhada do ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha e da senadora e presidente Nacional do PT, Gleisi Hoffman.

Ao fim do cortejo, que a senadora levou mais de seis horas para cumprir, Lídice ainda deixou uma mensagem para os baianos. "Essa é uma caminha da fé, da esperança em dias melhores e eu quero deixar um grande abraço cheio de esperança que em 2018 o Brasil e os brasileiros possam sonhar com dias melhores", finalizou.