E A BOLA VAI ROLAR ANTES DO CARNAVAL

      



Por Zedejesusbarreto
Bahia e Vitória entram e campo esta semana, valendo pontos pela Copa do Nordeste/2018, começando a longa temporada deste ano de Copa do Mundo. Torcedores com saudade e muita expectativa: até onde podemos chegar?

*
Leão em campo
O Rubro-negro estreia primeiro, na terça, dia 16, contra o Globo (RN), em Natal.
O clube, com nova diretoria, manteve a Comissão Técnica, o treinador Mancini e uma base da equipe que disputou a temporada passada. Meio caminho andado. Contratou pouco, até agora, e de forma pontual.
Trouxe dois laterais conhecidos e aprovados por onde jogaram, o direito Lucas e o canhoto Bryan, mais o meia Lucas Marques, o jovem e fogoso avante Denílson - de pernas compridas, alto e veloz - e está negociando a vinda de outro meia, o camisa 10 recém saído das divisões de base do Corínthians, Paulinho, canhoto, revelação. Vem pegar cancha.
No mais, ficaram os goleiros Fernando Miguel e Caíque, os zagueiros Kanu, Wallace e Ramon, os meio-campistas William Farias, Uíilian, Zé Uélison, Todinho, os avantes Kieza e Tréllez... E tem ainda o garoto revelação Luan, meia avançado, que está com o Sub-20 na Copa São Paulo e tem talento pra subir. É hora de esquecer 2017 e focar no que vem pela frente: Nordestão, Baianão e Brasileirão.
*
O Nordestão, ou Copa do Nordeste, começa com quatro grupos, cada grupo com quatro clubes. O Vitória integra o grupo B, com Globo (RN), ABC (Natal) e Ferroviário (Ceará). Dois se classificam e seguem adiante na disputa.
*
Pela Copinha, a Copa São Paulo Sub-20, o Rubro-negro baiano passou para as oitavas de final da competição; enfrenta o Londrina. Tem se mostrado competitivo.

**
Tricolor na Fonte
O Bahia começa a temporada na Fonte Nova, diante do seu torcedor, quinta-feira, dia 18, contra o Botafogo da Paraíba, pelo Nordestão.
O clube, também com nova diretoria, trouxe de volta a comissão técnica com que começou o ano passado - Guto ‘Gordiola’ Ferreira à frente – e contratou bem mais atletas que o rival: o goleiro Douglas (29 anos); quatro novos laterais: na direita, o rodado e bem conhecido Nino Paraíba e o garoto João Pedro (21 anos). Na esquerda, o chileno Mena (ex-Sport do Recife) e o jovem Leo (ex-Flu do Rio); no meio campo, o veterano apoiador Nilton e Elber, 27 anos, ex-Ponte Preta; na frente, o jovem Élber e, quase acertado, o centroavante Kayke (ex- Santos ). O meia Juninho, 31 anos, foi mesmo emprestado ao Ceará, até dezembro.
Guto vai ter de montar uma nova equipe que, naturalmente, muda o jeito de jogar de acordo com as características dos atletas e o entrosamento, o encaixe que só acontece com a sequência dos jogos. E haja jogo nessa temporada tricolor, pelo Nordestão, Baianão, Copa do Brasil, Copa Sul-americana e mais o Brasileirão. Será preciso elenco forte, muita vontade, preparo atlético e sorte para que os atletas não se machuquem com gravidade durante a puxada de sequência de jogos.
*
Pela Copa do Nordeste, Tricolor baiano está no Grupo C, ao lado do Botafogo (PB), Náutico (PE) e Altos (PI).
*
Já pela Copinha, a equipe Sub-20 não atuou bem e está desclassificada depois de levar 1 x 0 do Taubaté, logo na segunda fase da competição. A nova direção do clube tem de repensar, de reconstruir as divisões de base. É investir no futuro.