BAHIA COMEÇA O ANO PERDENDO EM CASA

      



Por zedejesusbarreto
Foto: Romildo de Jesus
Com a estreia de seis novos contratados, pênalti perdido, vaias da torcida e uma atuação destacada do goleiro paraibano Edson, o Bahia abriu a temporada 2018 levando um gude preso – 1 x 0 – do Botafogo de João Pessoa diante de seu torcedor, valendo pontos pela Copa do Nordeste, o Nordestão/2018. 

O time levou um gol logo aos 4 minutos de jogo, num vacilo do becão Tiago, que tinha a bola dominada dentro da área e a deixou escapar, além da falha do goleiro Douglas, que deixou passar por baixo do corpo o chute forte mas defensável do atacante Alan Dias.
A partir dos 10 minutos o tricolor tomou conta do jogo, fez uma segunda etapa inteira dentro do campo adversário – o Botafogo só se defendeu e ganhou tempo. Faltaram pernas, entrosamento, competência e um pouco de sorte ao time de Guto Ferreira para empatar e virar o jogo. O torcedor não gostou desse começo.
*
O empate poderia ter saído já aos 15 minutos da primeira etapa, com uma penalidade máxima marcada em cima de Edigar Junior, atropelado por trás na grande área paraibana. O mesmo Edigar, no entanto, bateu com displicência, telegrafando; o goleirão Edson caiu certo e defendeu. Outras chances foram criadas, sobretudo com os avanços e cruzamentos do lateral João Pedro, mas faltaram precisão e competência nas finalizações.
O segundo tempo foi praticamente um ataque contra defesa, o Botafogo inteiro se defendendo, os dez na linha da grande área.
O torcedor vaiou a equipe, que mesmo com alguns atletas visivelmente fora de forma, lutou e dominou o adversário, jogou melhor, mas ... estreou mesmo perdendo na Fonte Nova. Alerta geral, mas nada desesperador. Afinal, foram apenas 10 dias de preparação, as pernas pesam e o entrosamento ainda não aconteceu.

**
Dos estreantes, o goleiro Douglas teve pouquíssimo trabalho, mas, ainda frio, deixou passar um chute defensável. Dos laterais, João Pedro agradou mais: fogoso, ofensivo, cruzou boas bolas de fundo. Leo começou nervoso, melhorou bastante na segunda etapa; Nilton absolutamente fora de forma; Elton entrou na segunda etapa, perdeu um gol e correu à toa; o atacante Elber mostrou boa dinâmica pela esquerda mas desperdiçou duas chances incríveis de gol. ´O becão Tiago mostrou-se sem tempo de bola, Lucas Fonseca se arrastando, Édson com dobrinhas na cintura, Zé Rafael muito individualista, Régis com poucos lampejos e Edigar Junio sem sorte.

**

Baianão
De agora em diante, a bola não para. Domingo teremos a abertura, primeira rodada do campeonato baiano. O Vitória estreia no Barradão, contra o Juazeirense; e o Bahia, no Joia da Princesa, contra o Bahia de Feira.