Sistema desenvolvido em Salvador pode auxiliar pessoas que desejam empreender

      



Mais de 12 milhões de brasileiros ficaram desempregados, após a crise econômica, segundo levantamento do IBGE. Com a alta taxa de desocupação, muitos têm procurado alternativas para sobreviver, e estão encontrando uma luz no fim do túnel através do empreendedorismo. São pessoas que procuram investir o pouco que tem, mesmo em áreas desconhecidas, com a finalidade de conseguir dinheiro. Mas, você sabia que a tecnologia pode ser uma aliada para quem deseja abrir um negócio?

Isso mesmo! Em Salvador, um sistema que está em desenvolvimento, pelo Centro de Projetos Fraunhofer, chamado Ponto Certo, consegue analisar dados e mostrar o melhor local para instalar um empreendimento, com base na menor concorrência. “O software coleta e avalia dados sociais, através do Twitter, e imóveis, pelo Open Street Map, mostrando o melhor lugar para abrir um posto de gasolina, por exemplo”, explica o pesquisador responsável pelo projeto, João Rocha.

Na prática, funcionaria da seguinte forma: “uma pessoa que tuita, emite, além da mensagem, a sua localização. Com isso, conseguimos saber quais as áreas mais populosas de Salvador. Já através do Open Street Map, conseguimos mapear onde estão presentes estabelecimentos de diversos segmentos, como bares, restaurantes, supermercados, sorveterias, postos de gasolina etc. Assim, conseguimos fazer um compilado de informações e uma análise para mostrar qual o melhor local para empreender”, detalha João Rocha, que é doutor em Ciência da Computação.

Atualmente, o Sistema Ponto Certo ainda é protótipo, que se utiliza de dados reais, porém somente para diagnósticos internos e demonstrações em eventos de tecnologia, como ocorreu na Campus Party, sediada na capital baiana, em 2017. "Este protótipo faz parte de um projeto maior, que foi aprovado no edital de Tecnologia da Informação e Comunicação da Fapesb e aguarda pela liberação dos recursos para desenvolver as demais atividades”, conclui o pesquisador.