Bahia bate Juazeirense por 2 a 1 fora de casa

      



O Bahia lutou até o fim e foi recompensado e Juazeiro com mais um triunfo nos minutos finais pelo Campeonato Baiano. Depois de sair atrás do marcador, o Tricolor virou a partida deste domingo (4) contra a Juazeirense com gols aos 37 (Júnior Gaúcho, contra) e 45 do 2º tempo, quando o jovem Júnior Brumado marcou seu primeiro gol como profissional. O 2 a 1 no Estádio Adauto Morais deixou o Esquadrão na 2ª colocação do Baiano, com 17 pontos, dois atrás do líder Vitória e três acima do 5º lugar, Bahia de Feira. Juazeirense e Fluminense de Feira estão em 3º e 4º, respectivamente. Os quatro primeiros avançam às semifinais.

A última rodada da fase de classificação acontece toda na quarta-feira (7), às 21h45, quando o Bahia recebe na Fonte Nova o já desclassificado Jequié. Em casa, o Fluminense encara o Vitória, enquanto a Juazeirense joga contra o Atlântico, em Pituaçu. O Bahia de Feira visita a Jacuipense.

Em campo, no péssimo gramado do Adauto Morais, o Bahia tentou se impor na etapa inicial e conseguiu boas chances de abrir o marcador, mas faltou capricho a Kayke, em uma finalização quase que na pequena área, e sorte a Edigar Júnior, que viu o goleiro Tigre fazer grande defesa em uma cabeçada a queima-roupa.

Melhor no jogo, o Bahia foi castigado num contra-ataque do time da casa, que fez 1 a 0 com Bruno Matos, tocando rasteiro na saída de Douglas, aos 25. Após sofrer o gol, o Tricolor caiu de rendimento e houve equilíbrio na partida, que seguiu sem boas chances até o final da etapa.

O técnico Guto Ferreira fez duas trocas no intervalo, colocando Élton na vaga de João Pedro, e Júnior Brumado no lugar de Kayke. A equipe subiu de produção e voltou a dominar as ações, mas com muitas dificuldades de criar chances claras.

A derrota e o fim da invencibilidade de oito jogos pareciam certos até os 37, quando Léo cobrou um lateral com força, na pequena área, e Júnior Gaúcho, atrapalhado por Douglas Grolli, marcou contra, de cabeça.

Na base da raça, o time partiu para cima do Cancão tentando a virada, que veio aos 45, quando Régis cobrou falta na área do Juazeirense, a defesa afastou mal, e Lucas Fonseca ajeitou pelo alto para Júnior Brumado completar de cabeça. (Do EC Bahia)