Bahia vence Botafogo-PB por 2 a 0 e avança no Nordestão

      



O Bahia entrou em campo pressionado, mas não se intimidou contra o Botafogo-PB, em João Pessoa, e com um triunfo por 2 a 0, sem sustos, avançou às quartas de final da Copa do Nordeste 2018. Edigar Junio e Marco Antônio fizeram os gols do triunfo tricolor na noite de quinta-feira (29).

O resultado fez com que o Esquadrão finalizasse a 1ª fase na liderança do Grupo C, com 12 pontos, o que garante que a equipe encare na próxima fase um clube que foi 2º colocado em sua chave (Sampaio Correa, Botafogo-PB, ABC e CRB), evitando duelos com Ceará, Vitória e Santa Cruz. Os confrontos de quartas de final serão definidos apenas na segunda-feira (2/4), por meio de um sorteio, às 12h, na sede da CBF. A rodada de ida da próxima fase está marcada para 2 de maio.

O Bahia volta a campo já neste domingo, quando inicia as finais do Campeonato Baiano contra o Vitória, na Fonte Nova. Os jogadores retornam a Salvador somente na noite desta sexta-feira e se reapresentam no sábado, já para a concentração para o clássico.

Em campo o Bahia mostrou muita dificuldade para se adaptar ao gramado do Almeidão, que tinha muitas poças por conta da chuva que caiu em João Pessoa durante todo o dia. Com o meio congestionado e alagado, a melhor opção ofensiva era atacar pelas laterais, e foi assim que nasceram os dois primeiros gols da equipe no jogo.

No primeiro, Nino fez bom avanço pela direita e cruzou para trás para Zé Rafael, que acabou derrubado dentro da área. Na cobrança, aos 26, Edigar Junio chutou forte e abriu o placar.

O segundo gol tricolor nasceu novamente dos pés de Nino, que aos 39 chegou novamente à linha de fundo e cruzou na área rasteiro para Edigar Junio, que furou. A bola, contudo, sobrou para o garoto Marco Antônio, que ajeitou e chutou forte, marcando seu primeiro gol como profissional.

O tricolor voltou para a etapa final sem mudanças, mas claramente reduziu o ritmo ofensivo, apesar de manter o domínio da posse de bola. Melhor em campo, até teve duas boas chances de ampliar, com Zé Rafael e depois com Régis, que acertou o travessão, mas o jogo acabou mesmo no 2 a 0.

O técnico Guto Ferreira escalou o Bahia com Douglas; Nino, Tiago, Douglas Grolli e Léo; Gregore, Elton, Vinícius (Régis), Zé Rafael e Marco Antônio (Allione); Edigar Junio (Junior Brumado).

*Do EC Bahia