Cairu implanta programa de preservação das escolas

      



"Da Minha Escola Cuido Eu", este é o slogan do programa lançado pela Secretaria de Educação de Cairu, para motivar a comunidade a contribuir com a preservação das escolas. O objetivo do programa é partilhar a responsabilidade da manutenção dos equipamentos públicos com a comunidade.

 

A prefeitura fornece o materiais necessários, assim como o apoio técnico e a própria comunidade executa a manutenção, arrumação e decoração do espaço, deixando-o mais aprazível para os alunos. “A ideia é formatar os espaços, reciclando materiais, despertando a criatividade e aproveitando os talentos locais para melhorar e deixar mais bonitas a escola”, ressalta Luanna Figueiredo, secretária municipal de educação.

 

Em apenas dois meses de lançado, os primeiros resultados já podem ser percebidos. A escola Modelo da Gamboa, localizada no distrito Gamboa, foi uma das primeiras a executar a metodologia. Pais, alunos, professores, funcionários e vizinhos aceitaram o desafio e colocaram a mão literalmente na massa.

 

“O projeto já criou um sentimento de colaboração e parceria com a escola pública. Muitos pais de alunos e moradores são eletricistas, pedreiros, pintores, encanadores e artistas, que vão ajudar a consertar e recriar objetos, reaproveitar utensílios”, conta o Prefeito Fernando Brito.

 

O prefeito de Cairu, Fernando Brito, comemora a iniciativa. “A preservação do patrimônio público é um exemplo de cidadania. A escola é de todos, um bem precioso e deve ser cuidada com todo carinho”, afirma o gestor.

 

Segundo ele, a prefeitura tem feito sua parte. Só em 2017 inauguramos seis novas unidades escolares, sendo revitalizada todas as outras, com reparos, consertos e reformas totais. Hoje a rede escolar municipal possui 28 unidades e atende cerca de 4.500 alunos.

 

“Estou orgulhoso com esse envolvimento da comunidade. Com esta parceria, o recurso público que seria usado neste tipo de manutenção passa a ser utilizado em outras demandas como a compra de equipamentos, móveis e materiais escolares”, ressalta Brito.

 

Educação Ambiental

 

O programa "Da Minha Escola Cuido Eu" conta ainda com um espaço para conscientização e educação ambiental. Os alunos separam materiais que podem servir para reciclagem, e criam brinquedos que serão utilizados nas atividades lúdicas de sala de aula. Além disso, os voluntários contribuem com a criação de uma horta comunitária dentro da escola. Os produtos são aproveitados nos lanches escolares.