Festa Literária de Ilhéus será lançada dia 17 no Teatro Municipal

      



Com o tema “Leituras democráticas: juventudes, livros e zaps”, a Festa Literária de Ilhéus será lançada na próxima terça-feira (17), a partir das 19 horas, no Teatro Municipal. O evento que é um convite ao público para refletir sobre as múltiplas formas de leitura e difusão do conhecimento vai ser de 15 a 18 de maio, em diversos espaços culturais do centro da cidade, reunindo debates, oficinas, feira de livros, exposições e saraus.

 

O lançamento da festa literária contará com bate-papo sobre “Juventudes na era transmídia”, entre Renata Lea, diretora editorial da Associação EraTransmidia, e Tcharly Briglia, professor, comunicólogo e produtor de audiovisual. À noite contará ainda com a participação do cantor e compositor Cijay. Informações adicionais sobre o evento serão divulgadas em breve na página do facebook @editoradauesc, no Instagram @editus.uesc e nas redes dos demais organizadores.

 

O secretário da Cultura de Ilhéus, Pawlo Cidade, informou que a proposta da festa literária é o interesse no fomento da cultura da leitura e da criação musical na cidade. Os espaços escolhidos trazem um simbolismo ainda maior, valorizando as iniciativas voltadas para o livro, a leitura e as diversas formas de acessar conhecimento.

 

Por sua vez, a diretora da Editora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Editus-Uesc), professora Rita Virgínia Argollo, disse que a intenção é reunir forças para viabilizar uma ação de maior abrangência que proporcione reflexões e projetos que contribuam com a transformação social por meio do livro e da leitura, em diferentes suportes e linguagens.

 

A festa literária é promovida pela Uesc, por meio da Editus, Secretaria de Cultura de Ilhéus, Fundação Pedro Calmon, órgão vinculado à Secretaria da Cultura da Bahia e Academia de Letras de Ilhéus que integra a programação dois eventos literários: a VI Feira do Livro da Uesc e o III Festival Literário de Ilhéus.