“Se aproximem dos artistas”, pede César Romero durante Comenda

      



“Meu pai me levava para feira livre para ensinar como fazia compras. Eu só via as cerâmicas, os carrinhos, as arraias, as gaiolas”. As lembranças de César Romero ainda quando criança que já indicavam seu interesse pelas cores, pelo lúdico, pela arte, foram compartilhadas por ele, esta semana, quando recebeu na Assembleia Legislativa da Bahia, a Comenda 2 de Julho.

Artista plástico, ilustrador, fotógrafo, crítico e médico, o feirense recebeu a maior honraria da Casa por indicação do ex-deputado estadual, Angelo Almeida. “Em meio século dedicados à arte, César Romero sempre praticou a brasilidade, sendo a Bahia seu ponto de partida e inspiração. Essa Comenda, tida como a maior honraria entregue pelo Legislativo Baiano hoje, deve ser vista como um presente, um agradecimento de todos baianas e baianos pelos seus 50 anos de contribuição com a arte e a cultura do nosso Estado”, considerou Angelo.

A solenidade foi conduzida pelo presidente da Casa e contou com a presença do líder do governo, Zé Neto (PT), que definiu César Romero como “um sertanejo e baiano que ganha o mundo com sua arte”. “Essa Comenda homenageia não só César Romero, mas Feira e a toda Bahia”, afirmou o deputado.

Em seu discurso, César Romero dedicou a Comenda aos artistas plásticos. “Entre os tipos de arte, nós somos quem temos o menos espaço na mídia”, justificou. E finalizou seu discurso com um pedido: Se aproximem dos artistas.

 

Sobre o artista

César Romero iniciou a carreira de pintor em 1968 e é considerado pela crítica como um artista que revolucionou a arte contemporânea pela capacidade de incorporar às suas pinturas, traços e símbolos da cultura baiana. Suas telas são marcadas pelos casarios da Velha Salvador, Santos de Devoção, Tamboretes de Festas de Largo, as Arraias e Faixas Emblemáticas. Participou dos principais salões no Brasil e de inúmeras exposições internacionais como Washington, Colônia, Berlin, Barcelona, Madrid, Bilbao, Lisboa, Fort-de-France, Santiago, Buenos Aires, Paris e Granada.