Comissão de Segurança da Câmara de Juazeiro discute Orla da cidade

      



A Comissão de Segurança da Câmara de Vereadores formada pelos parlamentares, Anastácio (PC do B), Aníbal Araújo (PTC), Jean Gomes (PT), Domingão da Aliança (PRTB) e Joseílson Marcelino (PTB), realizaram uma caminhada por toda orla da cidade acompanhados por representantes de órgãos da segurança Pública como a Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros. O objetivo foi fiscalizar a obra do Parque Fluvial, avaliar a questão da segurança do local, iniciar uma ação de repressão ao tráfico de drogas e aliciamento de menores.

O Presidente da Comissão, o Vereador Anastácio declarou que a ação é muito importante para o futuro da segurança da orla. “A gente sabe da importância de uma ação como esta, até porque a própria população vinha solicitando. Já estávamos conversando com os órgãos envolvidos na segurança pública da cidade justamente para fazermos esta ação na orla. Essa área é atrativa, mas, há situações inadmissíveis. Nós iremos intensificar outras forças-tarefas, esse é o nosso papel. Agradeço a todos envolvidos e que estiveram presentes”, declarou.

‘O vice-presidente, Aníbal Araújo, concordou e afirmou também que a avaliação foi muito positiva. “Conversamos com cerca de 50 pessoas e a PM abordou algumas, sendo que uma teve o mandado de prisão e foi encaminhada para a delegacia. Outras foram encaminhadas para a Secretaria de Serviço Social. Eu quero parabenizar a Polícia Civil, a Polícia Militar, a Guarda Municipal e o Corpo de Bombeiros que nos acompanharam aqui”, destacou.

Sargento do Corpo de Bombeiros, Gomes de Menezes, destacou que “é de suma importância essa atividade, o Corpo de Bombeiros, como parceiro da Câmara e juntamente com todos os órgãos envolvidos, só agradecem o empenho de ação de hoje”.

Já o delegado da Polícia Civil, Flávio Martins, disse que quem vai ganhar é a população. “Na orla de Juazeiro há muito tempo a gente já faz um trabalho de repreensão ao tráfico de drogas e prostituição infantil e sempre sentimos a necessidade de revitalizar a orla. A ideia de transformar este lugar é muito boa e vai trazer a população para a beira do rio e com isso as pessoas que vendem ou usam entorpecentes sairão do local”, declarou.

O major, Eduardo Almeida Cunha, comandante da 73ª CIPM, finalizou dizendo que a Policia Militar é uma grande parceira. “Hoje nós demos um primeiro passo de fiscalização e acompanhamento da realidade da questão da orla de Juazeiro. Não poderíamos de deixar de participar e colocar nossa contribuição aqui nessa caminhada que a Câmara de vereadores está começando. A Polícia Militar está à disposição, já temos algumas estratégias estabelecidas e só precisa do envolvimento de muitos outros órgãos”, concluiu.