Sindileite-BA cancela café da manhã que aconteceria para marcar o Dia Mundial do Leite

      



O Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados do Leite do Estado da Bahia (Sindileite-BA), informa o cancelamento do café da manhã que faria, no Jardim de Alah, pelo Dia Mundial do Leite, realizado no dia 1º de Junho. Segundo Paulo Cintra, vice-presidente do sindicato: "O Dia Mundial do Leite é um momento de comemoração ao leite, que é um alimento (quase) perfeito. Porém, o atual momento no Brasil não nos permite comemorar como deveríamos, uma vez que não conseguiremos oferecer aos nossos convidados o leite e produtos derivados produzidos na Bahia, por conta da paralisação causada pela greve dos caminhoneiros. Lamentável."

 

Sobre o Dia Mundial do Leite

 

O Dia Mundial do Leite foi instituído em 2001 pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO/ONU), com o objetivo de incentivar o consumo de laticínios pela população, alertando sobre a importância desses produtos para uma alimentação equilibrada. De acordo com a ONU, o ideal é consumir de 200 a 220 litros por ano, o que equivale a três porções diárias de leite e derivados. Porém, os brasileiros ingerem apenas cerca de 160 litros por ano.

 

De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês), o Brasil ocupou a quinta posição no ranking mundial de produção de leite em 2014, atrás da União Europeia, Índia, Estados Unidos e China. A Bahia é o sétimo estado brasileiro na produção de leite e ainda importa de estados vizinhos parte do leite consumido internamente.