Vitória joga bem, cria, mas empata com o Corinthians, por 0 a 0, em São Paulo

      



Bem postado na defesa e com boa criação no ataque, o Vitória jogou bem diante do Corinthians, ontem (9), teve oportunidade de abrir o placar, mas o confronto na Arena Corinthians terminou empatado em 0 a 0, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O Leão permanece na 14ª posição, agora com 12 pontos. O próximo desafio ainda é em solo paulista, contra o São Paulo, próxima terça-feira (12), às 21h30, no Morumbi.

Antes mesmo do início do jogo, o próprio técnico Vagner Mancini assegurou que o time não iria recuar. E foi justamente o que aconteceu. O Vitória foi melhor que o Corinthians no primeiro tempo, criando mais e marcando bem o adversário. A primeira chance do jogo foi justamente do Rubro-Negro, com um chute de Wallyson, do meio da rua. O goleiro fez boa defesa. Ramon, de voleio, também tentou, mas a bola subiu demais.

O Leão voltou para o segundo tempo com a mesma postura do primeiro: bem postado defensivamente e com jogadas ofensivas rápidas. O jogo ficou equilibrado na etapa final e o Leão aproveitava bem os contra-ataques. Porém, o duelo acabou com o placar inalterado. “Ponto importante. Fizemos um bom jogo, equilibramos atrás e conseguimos arriscar boas jogadas. Agora é se concentrar para o próximo jogo. Estamos de parabéns”, assegura Kanu.

A delegação permanece em São Paulo, onde volta a jogar na próxima terça-feira (12), às 21h30, no Morumbi, diante do São Paulo. Os atletas só retornam à Salvador na quarta-feira (13).

(Fotos: André Hiltner / EC Vitória)

FICHA TÉCNICA
Corinthians 0 x 0 Vitória (Campeonato Brasileiro – 11ª rodada)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 09/06/2018
Árbitro: Péricles Bassols, auxiliado por Clóvis Amaral e Cleberson do Nascimento Leite (PE)
Cartões amarelos: Kanu e Wallyson (Vitória)

Corinthians: Walter, Mantuan, Pedro Henrique, Henrique e Sidcley; Gabriel (Emerson Sheik) e Maycon; Mateus Vital, Rodriguinho e Pedrinho; Roger (Matheus Matias). Técnico: Osmar Loss.

Vitória: Elias; Cedric, Kanu, Aderllan e Jeferson; Ramon (Rodrigo Andrade), Lucas Marques (Bruno) e Rhayner; Wallyson, Neilton e André Lima (Yago). Técnico: Vagner Mancini.

Do EC Vitória