QUEM FICA PRO ‘VAMO VÊ’

      



Por Zedejesusbarreto
Finda a primeira fase classificatória da Copa, disputada em grupos, 48 jogos desde o dia 14 de junho, continuam disputando a competição apenas 16 seleções. Dez delas são da Europa, quatro da América do Sul, o México (centro-américa) e o Japão representando a Ásia. Nenhum da África.

Neste sábado, 11 horas começa o que chamamos de ‘mata-mata’, porque são partidas eliminatórias, de cada confronto só um se mantém vivo em busca do título. Perdeu, cai fora.

Daí, teremos jogos diferentes do que vimos até agora, não só pela melhor qualidade ou competitividade dos 16 classificados como também da necessidade de vencer cada partida, de fazer gols. E cada erro pode ser fatal. Nessas horas é que aparecem os diferenciados.

**

Sábado quente

Já pra começo de conversa teremos dois jogos de arrepiar, Europa contra América do Sul, uma nata de craques na parada:

- 11 h, em Kazan, França x Argentina. Em campo, Messi, Di Maria, Mascherano, Pogba, Mbappe, Griezmann ...

- 15 h, em Sóchi, Uruguai x Espanha. Suarez, Cavani, Iniesta, Sérgio Ramos ...

Agora começa o melhor da Copa. Jogos prenhes de emoção.

*

Voo da Canarinho

O Brasil só joga na segunda-feira, dia 2 de julho, ás 11h, contra o México, em Samara. Um dia conflituoso para nós baianos, sobretudo na Capital/Recôncavo em função dos festejos do 2 de julho, data da nossa Independência, o desfile dos Caboclos.

- Com o convincente triunfo de 2 x 0 sobre a Sérvia, a equipe de Tite começa a ser observada como uma das fortes candidatas ao título. Nada de espetáculo, mas um futebol eficiente. Mas o México costuma se desdobrar quando nos enfrenta. A estratégia é outra.

- O dia de quinta foi de merenda, relaxamento. O lateral Danilo já treina, Douglas Costa ainda não. Marcelo já está melhor lombalgia. Achamos que a seleção está numa crescente dentro da competição.

 

Que plasticidade !

Paulinho apoiado no solo apenas com o biquinho da chuteira esquerda, erguido, braços abertos, o pé direito no alto, extrema leveza, feito um balé, o bico da chuteira triscando na bola que encobriu o goleiro num lençol e foi beijar as redes.

Sim, futebol é também arte, poesia, beleza. Cultura, fazer criativo humano.

O clique do momento do lance, do fotografo Eugênio Sávio é exemplo.

**

Os ‘escolhidos’

- Bélgica e Inglaterra, ambos classificados com antecedência pelo Grupo G, entraram no gramado de Kaliningrado, nessa quinta, com times mesclados, poupando seus craques. Mais da metade dos atletas em campo disputam o campeonato inglês. Deu 1 x 0 Bélgica, que ficou em primeiro lugar e se credencia a pegar o Japão, pelas oitavas.

- No outro jogo do Grupo G, a Tunísia venceu o Panamá. Fraquinhos, de volta pra casa.

*

Critério inusitado

Pelo Grupo H, a Colômbia venceu Senegal, 1x 0, em Samara, e foi a seis pontos, terminou em primeiro lugar. Japão (que perdeu para Polônia) e Senegal ficaram com quatro pontos, campanhas absolutamente iguais. Mas o Japão levou a vaga por critério de disciplina, levou dois cartões amarelos a menos que os africanos. Os ‘negão’ punidos.

Acho que os senegaleses jogam mais que os japas, mas valem as regras do jogo. Senegal jogou frouxo, apostando no empate, contra a Colômbia. As arquibancadas amarelas de colombianos. Levou um gol por volta dos 30 do segundo tempo (o becão Mina, de cabeça) e foi pra cima, mas era tarde. Deixou escapulir a classificação africana por entre os dedos. ‘A bola pune’, dizem os entendidos. Pena ! Os senegaleses fizeram uma festa belíssima em dança, cores, musicalidade nas arquibancadas, velocidade e ousadias no gramado.

**

Com os resultados, eis os confrontos definidos para as oitavas, eliminatórias:

- Bélgica x Japão, dia 2 de julho, 15 h, em Rostov.

- Colômbia x Inglaterra, dia 3, às 15 h, na Arena Spartak, em Moscou.

**

Dia de branco

Esta sexta-feira, 29 de junho, dia de São Pedro, não tem jogo programado. Dia de refresco, da merenda. Até sábado (se Deus assim permitir).