Edvaldo Brito defende benefícios dos agentes de saúde para todos da categoria

      



No início da noite de hoje (10.07), a Câmara de Vereadores concluiu a última sessão antes do recesso aprovando três matérias: a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício financeiro de 2019, a criação do Programa Municipal de Aprendizagem, e o Projeto de Lei 214/2018, que concede avanço de um nível na tabela de vencimentos dos agentes de saúde e de combate a endemias, o que significa 5,5% de reposição salarial a partir deste mês, correspondentes a R$ 47. O vereador Edvaldo Brito (PSD) ocupou a tribuna para defender que o programa que permite a contratação de adolescentes seja ampliado e possa cada vez mais contemplar os jovens da capital baiana, que tanto necessitam de inclusão através da aprendizagem. Brito também pediu que o reajuste salarial dos agentes de saúde e de endemias seja estendido a todas as categorias que trabalham com a saúde da população. “Os benefícios devem ser estendidos a todos os servidores da área e eles podem, inclusive, requerer essa isonomia salarial na Justiça. Não pode haver um mesmo trabalho com remuneração diferente”, concluiu o vereador, que também é jurista.