Com o tema ‘Raízes’, a Casas Conceito estreia com 35 ambientes no Horto Florestal

      



Primeira mostra de decoração 100% baiana, a Casas Conceito, promovida pelo Grupo AV em parceria com a Odebrecht Realizações, abrirá suas portas para o público no dia 7 de agosto, no Horto Florestal. O evento, que reunirá 35 ambientes criados pelos mais importantes escritórios de arquitetura, design e paisagismoda Bahia, estará aberto para visitação, das 16h às 22h, até o dia 16 de setembro. A mostra, que ocupará duas construções instaladas numa área verde de 12 mil metros quadrados, tem projeto máster assinado pelo Estúdio RM, do premiado Rogério Menezes.

Nesta primeira edição, a Casas Conceito 2018 chega com o tema Raízes que inspirou os profissionais a resgatarem suas memórias afetivas e imprimi-las nos seus projetos. O resultado garantiu unidade à mostra no que se refere ao respeito ao meio-ambiente, interação com a natureza e foco na sustentabilidade. A Casas Conceito apresenta no seu conjunto vários diferenciais. Um deles foia liberdade que o profissional teve para dar a utilização que quisesse aos espaços. “Não pré-determinamos áreas com nomes de ambientes tradicionais”, explica a empresária Andrea Velame, criadorada mostra. “Os ambientes têm nomes de espécies, a maioria da flora brasileira, e neles, os profissionais tiveram a liberdade de fazer o que quisessem, obviamente, com a nossa curadoria”.

E por falar em curadoria, a Casas Conceito também inovou com a participação de um curador, o jornalista carioca radicado em São Paulo, Sérgio Zobaran, que acompanhou o desenvolvimento de todos os projetos e atuou na avaliaçãodas propostas, orientando os profissionais na montagem dos seus espaços. Zobaran,tem um vasto currículo no segmento de decoração, que inclui a curadoria da Mostra Black, em São Paulo,além de serco-fundadorda Mostra-Boutique e Feira Modernos e Eternos, em São Paulo e Belo Horizonte.É tambémautor de vários livros sobre decoração e arquitetura e de artigos para revistas como Casa Vogue, D&D Shopping e para o jornal O Globo.

Profissionais e ambientes
Distribuídos entre a ‘Casa’, a ‘Ruína’ e a ‘Vila’, a mostra terá projetos de31 escritórios de arquitetura e design e dois de paisagismo, envolvendo 40 profissionais. A ‘Casa’ ganhou 20 ambientes: a Sala de Jantar Figueira, de Adelia Estevez; a Cozinha do Chef Jatobá, da dupla Adriana Lorenzo &Adriana Varandas; o Home Office Jambeiro, de Amélia Castro; o Lavabo Funcional Angico, de Celeste Leão; o Home Office Amendoeira, de Claudia Biglia& Giselle Moinhos; o Estar Cacaueiro, de Cristina Arcoverde &TuvinhaPapaleo; o Quarto de Casal das Oliveiras, de Daniela Lopes; o Living Bambu, de Eliane e Lais Kruschewsky; o Living Pau Brasil, de Flávio Moura e o Birô de Negócios Araucária, de Grazi Costantino.

Também estarão na ‘Casa’ Márcia Meccia, que ambientou o Mirante Oiti; Marcus Barbosa, com o Espaço Contemporâneo Pau D’Arco; Margarete Iglesias, com o Espaço Gourmet Sapucaia; Mariana de Castro, com o Quarto Cedro; Nágila Andrade, com o Home Theater Umbuzeiro; a dupla Rocha & Rodrigues, com o Lounge Jequitibá Rosa; Sâmia Moura, com a Pocket Galeria Carnaúba; Simone Selem, com a Varanda Flamboyant; Thais Braga, com o Estar Acácia; e Wagner Paiva, com o Solar Ipê Amarelo.

Na ‘Ruína’, espaço que só tinha algumas paredes, foram construídos seis ambientes, totalmente do zero. Os projetos são de Ana Paula Magalhães, que assina o Bem Viver Jacarandá; Gabriel Magalhães e Luiz Claudio Souza, com o Living Rizóphora; Nathalia Velame, com o Living Pitangueira; Roberto Leal Neto e NaissaVieiralves, com o Estar Comigo Ninguém Pode; e Rogério Menezes, com o Living e Jantar Jaboticabeira.

A terceira área da mostra é a ‘Vila’, um espaço ao ar livre. Lá estarão o Studio de Joias Ipê Rosa, de Bianca Mota e Marta Azevedo; o Gazebo da Aroeira, de Camila Maia; o Refúgio do Artista Eucalipto, de Horácio Urpia e Márcio Tanajura; a Suíte de Hóspedes, de IamnaSmarcevski; e a Casa da Árvore, de Regi Amaral. A Casas Conceito ainda conta com o trabalho de paisagismo de Alex Sá e Joilson Barbosa.

Birô de Negócios
Outro diferencial da Casas Conceito é o Birô de Negócios que funcionará a partir daabertura da mostra. O espaçovai comercializar, desde o primeiro dia do evento, móveis e objetos expostos nos ambientes. A ideia, segundo Andrea, é estabelecer a ponte comercial entre o cliente e o lojista e fechar negócios. “As pessoas se encantam com um móvel ou um objeto exposto no ambiente e, ali mesmo, poderão efetuar a compra”. Esta é a primeira vez que uma mostra de decoração vai disponibilizar um canal de venda direta desde o primeiro dia.

Sustentabilidade
Além dos espaços que serão montados nas duas edificações – a ‘Casa’ e a ‘Ruína’ –, o evento tem ainda a ‘Vila’ com seis ambientes criativos– incluindo uma casa na árvore – instalados na exuberante floresta existente no terreno. A proposta, segundo Andrea Velame, é conjugar as tendências atuais do mercado de arquitetura e decoração com as mais novas tecnologias de construção verde, valorizando a natureza, sempre ancorada na questão da sustentabilidade.

A preocupação da organização do evento com a questão ambiental vai além do cuidado com a vegetação da área verde. Grande parte do material resultante das demolições foi reaproveitado pelos profissionais em seus ambientes. Todo o material não utilizado pelos profissionais, como portas, janelas, esquadrias e outros equipamentos serão doados à instituições sociais. “O que não serve para nós, certamente vai servir para outras pessoas”, diz Velame.

Parcerias
A mostra firmou parceria com aOdebrecht Realizações, proprietária do terreno onde será erguido um empreendimento residencial após a realização da mostra. Conta ainda com um time de parceiros, como os patrocinadores Cebrace, Vivânce, Sherwin Williams e Bahia Vidros,e apoiadores como a Transparence, D’Cores, Casa Kaiada, Paiva Ribeiro Engenharia e Home Design.

Sobre Andrea Velame e Grupo AV
A empresária baiana atua no segmento de arquitetura e decoração há quase 30 anos. Começou como decoradora, foi lojista, fabricante de móveis e fornecedora para diversas lojas em várias partes do Brasil. Durante 11 anos, Andrea Velame comandou um programa de TV (Tudo AV) voltado para este segmento e dirige o Grupo AV, que tem no seu mix de produtos e serviços, uma editora focada em livros e revistas segmentadas, consultoria, promoção e produção de eventos.