Sâo Paulo vence Bahia no Morumbi e volta a liderança

      



Por Zédejesusbarreto
Foi um jogo duro, até certo ponto equilibrado, mas o Bahia voltou a perder mais uma fora de casa (1 x 0), dessa vez para o São Paulo que, com o resultado, reassumiu a liderança da competição.

O Bahia continua com seus 28 pontos ganhos e dorme ainda em 11º lugar; pode perder posições com o andamento da rodada neste domingo.

*

O clima

Morumbi, SP capital, boca da noite de sábado, 16 graus, um pouco de neblina, aquela chuvinha fina e torcida sampaulina marcando presença de com força nas arquibancadas. O Bahia todo de rubro. São Paulo de branco.

*

Bola rolando

No duelo de tricolores, o baiano começou encarando, postura ofensiva. Logo, logo estabeleceu-se o equilíbrio, boa marcação, jogo aberto, sem retrancas. Muita disputa no miolo do gramado e poucos lances de área. O São Paulo com mais iniciativa a partir dos 25 minutos.

Aos 31’, após jogada e cruzamento de Zé Rafael na esquerda, Gilberto completou para as redes, mas estava em posição de impedimento, marcado. Aos 36’, a primeira boa chance paulista numa bola cruzada, larga, da direita que encontrou Diego Costa livre, mas a cabeçada foi muito alta. Dois minutos depois, em cruzamento idêntico, Diego Souza matou no peito e arrematou forte, por cima, num belo e plástico lance individual, perigoso.

Disputa parelha dos dois tricolores na primeira etapa. Os sampaulinos, em casa, chegaram um pouco mais. Os baianos marcaram bem, tentaram alguns contragolpes mas foram poucas as finalizações. De fato, os goleiros trabalharam muito pouco.

 

*

O mesmo equilíbrio de forças no começo da segunda etapa, a arbitragem já pressionada pelos paulistas no intervalor veio mostrando seu caráter caseiro, inventando faltas em favor do São Paulo sempre nas proximidades da área baiana.

- Gol ! 1 x 0 Diego Souza , aos 14 minutos, pegando livre, de primeira, cruzamento de fundo de Nenê, com Lucas Fonseca plantado, olhando a finalização, na sua frente.

Substituições: no São Paulo, Trellez e Liziero nos lugares e E.Felipe e Regis. No Bahia, Élber entrou e saiu Elton. Aos 27, saiu Vinícius, apagado, entrou Edigar Junio. Ênderson Moreira ousando, mandando a equipe para frente, buscando o empate. Aos 32, Clayton no lugar de Gilberto.

Aos 29’, Edigar Junio recebeu pela esquerda, entrou na área e bateu, fraco, nos braços do goleiro. Aos 37’, em nova falta (inventada) alçada contra a área baiana o zagueiro Bruno Alves quase acertou a cabeçada. Aos 41’, Anderson tira a trajetória da bola com o braço, na área, e o soprador de apito faz que não vê. O São Paulo mascou o jogo, com malícia, fez cera, ganhou tempo com o anti-jogo e garantiu o resultado.

No final, muita reclamação dos atletas baianos, acusando a arbitragem de intimidá-los, dando tratamento diferenciado aos sulistas. Choro? A verdade é que o time marcou e se posicionou bem, encarou, mas finalizou pouco. Quanto às arbitragens, sabemos, quase sempre favorecem as equipes da casa, sobretudo as poderosas, as do Sul.

*

Destaques

Bom jogo de Leo, Gregore, Éverson, Flávio... Vinícius e Zé Rafael bem aquém do que podem. No gol paulista, a omissão de Lucas Fonseca, desligado no lance.

No São Paulo, a manha e a bola do rodado Nenê fazem diferença; Diego Souza deixou sua marca.

*

Ficha Técnica

São Paulo - Sidão, Regis, Bruno Alves, Anderson Martins e Edimar; Hudson, Jucilei, Nenê e Rojas; Diego Souza e Éverton Felipe. Treinador, Diego Aguirre.

Bahia - Douglas, Nino, Éverson, Lucas Fonseca e Leo; Gregore, Élton, Vinícius e Flávio; Zé Rafael e Gilberto. Treinador, Ênderson Moreira.

No apito, André Luis Castro(GO), caseiro, manjado, sem critérios iguais para os dois lados.

*

- O próximo confronto do Tricolor baiano, já pela 25ª rodada, será no domingo à tarde, na Fonte Nova, contra o Palmeiras.

**

Outros jogos da rodada:

Sport 0 x 0 Cruzeiro. Às 21 h, Flamengo x Chapecoense.

No domingo: América (MG) x Ceará; Fluminense x Botafogo; Internacional x Grêmio;

Palmeiras x Corínthians - todos às 16 h.

À noite, 19 h, Vitória x Vasco da Gama, no Barradão, e Paraná x Santos.

Na segunda, 20 h, fechando a rodada, Atlético Mineiro x Atlético Paranaense.

*

O jogo do Vitória contra o Vasco neste domingo, no Barradão, acontece às 19h. O rubro-negro de Carpegiani tem três jogos sem perder nem tomar gols. Que o torcedor compareça.

**