LEÃO COMEU O BACALHAU E SUBIU NA CLASSIFICAÇÃO

      



Por Zedejesusbarreto
Foto: Romildo de Jesus
Mesmo sem jogar um bom futebol, o Vitória venceu seu terceiro jogo seguido no Barradão sob o comando de Carpegiani, todos por 1 x 0, jogando por uma bola, completando assim quatro jogos sem derrota, somando pontos e sem tomar gols. O Vasco, o ‘bacalhau’ português do São Januário completou quatro partidas sem vencer, segue a sina, sem bola e sem sorte, mesmo com treinador novo e fazendo força.

  Com o resultado, o Vitória subiu na tabela de classificação para o 12º lugar, com 29 pontos ganhos, um a mais que o rival Bahia (com 28, em 13º). O Vasco e está na porta da zona de rebaixamento, com 24 pontos.    

*

  No mesmo  horário: Paraná 0 x 2 Santos.

                                  Amanhã à noite, Atlético Mineiro x Atlético Paranaense, fechando a rodada.

*

  Classificação

  O  Internacional, Colorado gaúcho, lidera com 49 pontos ganhos, o mesmo que o São Paulo, em 2º. Seguem o Palmeiras, com 46 pontos, Flamengo com 44 e Grêmio com 41.  São os cinco primeiros.

 Na rabeira, o Sport, em 17º lugar, com 24 pontos; O Ceará também com 24 está em 18º; Chapecoense tem 22 e o Paraná, na lanterna, com apenas 16.

*

Bola rolando

O Vasco começou fazendo pressão, marcando forte no campo adversário, tentando se impor, mas logo o Leão equilibrou, forçando faltas, escanteios e alçando bolas perigosas na área vascaína. Aos 16’, o argentino Desábato arriscou de fora e assustou; o balaço passou a um palmo do travessão de Ronaldo.

  Muita disputa pela bola, muita disposição de lado a lado, mas raros lances de área, nada de finalizações, poucas tramas, necas de inspiração. Os goleiros não trabalharam. Foram uns 48 primeiros minutos de futebol ruim de se ver.

*

 As mesmas equipes voltaram a campo dos vestiários para a segunda etapa. Um Leão aparentemente mais ofensivo, em princípio, explorando mais os lados do campo.

Aos 7’, Leo Ceará teve uma boa chance pelo alto, livre, na frente da pequena área, mas não conseguiu cabecear bem. Aos 9 min, Wagner sentiu dores na coxa e entrou Yago Picachu no meio campo carioca.

 Aos 11’, o primeiro chute a gol do Vasco, fraquinho, nas mãos de Ronaldo. O tempo passando e a partida continuava se arrastando, sem boas jogadas, com muitos passes errados. O Vitória um pouco mais aceso. 

  Aos 19’, Lenon  cruzou na área rubro-negra, o baixinho Picachu meteu a cabeça e acertou o travessão, na volta, Picachu tentou de novo mas Ronaldo salvou.  Foi a melhor jogada vascaína até então.

  Daí, Carpegiani decidiu investir em Lucas Fernandes e André Lima no lugar de Neílton (vaiado pela torcida) e Meli.

 - Gol ! 1 x 0 Vitória , Erick, aos 28 minutos, recebendo ótima enfiada de bola rasteira, no chão, ganhando na corrida pelo meio da zaga,  desligada, entrando livre e deslocando o goleiro. O lampejo do passe certeiro, de três dedos, foi do meio-campista Leo Gomes, raro.

 Depois do gol, o árbitro expulsou Yago Picachu e o zagueiro Lucas Ribeiro, por troca de insultos.  Saiu Leo Caerá  e entrou Aderllan para segurar o placar. No Vasco, saiu Desábato e entrou Marloni. O jogo ficou brigado.

  Aos 38’, o lateral vascaíno Ramon entrou livre, de cara, Ronaldo vencido, Maxi Lopez chutou mas a bola não entrou, Jeferson salvou em cima da linha.  Aos 40’, na cobrança de escanteio, Luis Gustavo cabeceou livre e Ronaldo fez milagre, salvando o empate. Pressão da equipe carioca. O rubro-negro se segurando, a todo custo, com bravura.

Valeu.  

*

 Destaques

 Pelo menos umas três defesas salvadoras de Ronaldo. Jeferson salvou gol em cima da linha; Ramon firme, Lucas Ribeiro ainda melhor, mas foi expulso num entrevero com Picachu. Boa estreia de Fabiano na lateral esquerda. Erick pelo lance do gol, essencial.

Mas o melhor em campo foi mesmo  o meio-campista Leo Gomes, clássico, de cabeça erguida, e fez um lançamento de craque para o gol.   

*

Ficha Técnica

                      Vitória – Ronaldo, Jeferson, Ramon, Lucas Ribeiro (Aderllan) e Fabiano (estreante); Leo Gomes,  Rodrigo Andrade e Meli(Lucas Fernandes); Erick, Leo  Ceará e Neilton(AndréLima). Treinador, Carpegiani.

                      Vasco da Gama – Martin Silva, Lenon, Werley, Luis Gustavo e Ramon; Raul, Desabato e Maranhão; Wagner(Picachu),  André Silva e Maxi Lopez.   Treinador, Alberto Valentim.

No apito, Paulo Roberto Alves Jr (PR).

*

   Próximo confronto do rubro-negro baiano é sábado à tarde contra o Ceará,  em Fortaleza.

*

 Outros resultados

São Paulo 1 x 0 Bahia; Sport 0 x 0 Cruzeiro; Flamengo 2 x 0 Chapecoense;

 Internacional 1 x 0  Grêmio; Palmeiras 1 x 0 Corínthians; Fluminense 1 x 0 Botafogo;

 América Mineiro 0 x 0 Ceará.

 

**

  Seleção brasileira

  O escrete de Tite faz seu segundo jogo amistoso depois da Copa na terça-feira à noite, em Washington /EUA, contra El Salvador.  Deve ter caras novas na equipe.

 

**