Juiz suspende funcionamento de shoppings aos domingos e feriados em Salvador

      



O juiz José Arnaldo de Oliveira da 18ª Vara do Trabalho, do TRT-Ba, ordenou que todos os shoppings de Salvador liberem os funcionários das lojas aos domingos e feriados, começando neste domingo, 7, dia das eleições. A determinação judicial impede a abertura dos cfentros de compra e quem descumprir vai pagar multa de R$ 1 mil para cada empregado que estiver trabalhando.

O juiz acatou solicitação do Sindicato dos Empregados do Comércio contra o Sindicato dos Lojistas e a Federação do Comércio, uma vez que a Convenção Coletiva entre as partes está vencida desde janbeiro e com impasse nas negociações.

A convenção coletiva que determinava essas e outras regras de trabalho da categoria venceu no dia 28 de fevereiro. O documento é um acordo firmado entre os sindicatos dos empregados e o patronal, e não foi renovado porque as duas classes estão em litígio.

Salvador tem 12 mil lojas empregando cerca de 120 mil trabalhadores. A ação movida pelo Sindicato dos Empregados foi voltada apenas para os funcionários de shopping center.