PF faz operações contra fraudes na Bahia

      



A Polícia Federal realizou, hoje (6) na Bahia, duas operações contra organizações criminosas especializadas em fraudes a licitações e desvio de verba pública . Estima-se que, inicialmente, o prejuízo aos cofres públicos ultrapasse o montante de R$ 34 milhões. As ações, denominadas "Sombra e Escuridão" e "Elymas Magus" foram nas cidades de Aurelino Leal, Camamu, Ibirapitanga, Igrapiúna, Ilhéus, Itabela, Itabuna, Ituberá, Santo Antônio de Jesus, Ubaitaba e Ubatã.

13 mandados de prisão preventiva e 50 mandados de busca foram cumpridos. As investigações foram iniciadas há cerca de 1 ano, quando os policiais tiveram informações sobre novos sócios de empresas situadas em Igrapiúna, que, durante licitações, teriam recebido pagamento de vários municípios. As empresas não possuíam estrutura para os serviços contratados e foram criadas apenas para fraudar licitações usando laranjas. A fraude envolvia as áreas do Bolsa Família, Transporte Escolar e aluguel de carros.