Justiça aceita pedido de recuperação dos hotéis Othon

      



O pedido de recuperação judicial apresentado pelos Hotéis Othon foi aceito pela Justiça do Rio de Janeiro. A decisão foi da juíza Maria da Penha Nobre Mauro.

De acordo com o jornal O Globo, o grupo de hotelaria tem que apresentar um plano de reestruturação do negócio em até 60 dias.

Com a decisão, todas as ações ou execuções contra as empresas que compõem o Hotéis Othon ficam suspensas. O grupo deve apresentar demonstrativos de contas mensais, além de um quadro de credores em listas separadas.

A juíza determinou que seja entregue, em até 48h, uma relação dos bens pessoais de administradores e controladores. Neste mês, a rede de hotéis Othon fechou as unidades da Bahia e de Belo Horizonte.