Segurança de supermercado mata cachorro a pauladas

      



Luisa Mell, famosa ativista dos animais, foi à Delegacia de Investigações sobre Infrações contra o Meio Ambiente em São Paulo, para observar as imagens da câmera de segurança do Carrefour, cedidas pela própria empresa à polícia. Um segurança foi acusado de ter espancado e matado um cachorro que circulava no supermercado em Osasco, região metropolitana de São Paulo

Além de Luisa, estavam no local o político e jurista Fernando Capez, o deputado estadual eleito Bruno Lima e uma representante da ONG Bendita Adoção.

Numa das imagens é possível ver o segurança acusado com uma barra de ferro na mão acuando o animal para os fundos do supermercado. Na sequência, o cãozinho aparece em outro quadro sangrando. O cão foi levado em estado grave para o Centro de Zoonose, mas não resistiu aos ferimentos. O caso tem revoltado muita gente en todo o Brasil.