AEROPORTO DE SALVADOR CONQUISTA CERTIFICADO QUE ATESTA A SEGURANÇA DAS OPERAÇÕES

      



A Concessionária do Aeroporto de Salvador, integrante da rede VINCI Airports, obteve na última segunda-feira (17), o Certificado Operacional de Aeroporto em caráter definitivo. O documento, emitido pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), atesta que as operações no aeródromo ocorrem de acordo com os regulamentos da Agência, principalmente em relação à segurança operacional, manutenção e resposta à emergência aeroportuária.

 

A certificação conquistada pelo Aeroporto de Salvador foi obtida a partir da definição dos tipos de operações aéreas que o aeroporto está autorizado a receber – mantendo a garantia de que o aeródromo continuará a receber voos internacionais e aeronaves de grande porte. Além disso, atesta a capacidade do equipamento de cumprir os regulamentos técnicos da ANAC referentes a segurança e emergências – normatização que está de acordo com os padrões estabelecidos pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI).

 

Entre as medidas para a obtenção do Certificado estão também as obras em andamento no Aeroporto, a exemplo das melhorias implantadas nas pistas principal e auxiliar, como recapeamento, intervenções no acostamento e na área de segurança ao final da pista. Além das obras, que fazem parte do cronograma previsto no contrato de concessão do Aeroporto, foram feitos investimentos no Serviço de Prevenção, Salvamento e Combate a Incêndios (SESCINC).

 

Todas as especificações operacionais estão registradas no Manual de Operações do Aeródromo (MOPS), documento exigido pela ANAC para que o aeroporto receba a certificação. O MOPS contém as condições, padrões e a descrição dos procedimentos que a Concessionária deve seguir de modo a garantir a segurança das operações, dentre outras iniciativas.

 

Sobre a VINCI Airports

A VINCI Airports, uma das cinco principais empresas globais do setor de aeroportos, gerencia o desenvolvimento e as operações de 44 aeroportos localizados na França, em Portugal (incluindo o hub de Lisboa), no Reino Unido, na Suécia, no Camboja, no Japão, nos Estados Unidos, na República Dominicana, na Costa Rica, no Chile e no Brasil. Com a presença de mais de 250 companhias aéreas, os aeroportos VINCI registraram um tráfego superior a 180 milhões de passageiros em 2017.


Por meio de sua expertise e do profissionalismo de seus 12 mil funcionários, a VINCI Airports desenvolve, financia, constrói e opera aeroportos, aproveitando seu know-how para otimizar a gestão e o desempenho das infraestruturas aeroportuárias existentes, extensões de instalações e novas construções.


Em 2017, seu faturamento anual para atividades de gerenciamento atingiu 3,2 bilhões de euros, com um valor consolidado de 1,4 bilhões de euros.  Mais informações estão disponíveis em www.vinci-airports.com ou www.salvador-airport.com.br