Coluna Nordeste Econômico

      



Por André Lubambo

Santo Bar agita a Praia da Garça Torta


Este verão vai ser agitado na Praia da Garça Torta, no litoral alagoano, localizada a apenas 9 quilômetros de Maceió. A partir desta temporada, esse pequeno paraíso na Terra abriga o Santo Bar, espaço de relaxamento e curtição que conta com a assinatura dos mesmos empreendedores do consagrado restaurante SantOrégano, que já foi eleito a sétima melhor pizzaria do Brasil.

De águas mansas e ideal para um bom banho de mar, a Garça Torta é uma praia urbana com uma pegada de lugar pouco explorado, de areias finas, com coqueiral, águas quentes azul-esverdeadas e arrecifes que garantem a segurança dos banhistas. No início dos anos 1980, tornou-se o paraíso de artistas e intelectuais admiradores do misticismo e da poesia do local e da simpatia de sua população. A partir de 2019, abrigará um novo empreendimento imobiliário. Até lá o espaço será o palco do Santo Bar, que chega com uma proposta que reúne o melhor da culinária, drinques especiais e boa música.

Santo Bar fica a 100 metros do SantOrégano, à beira-mar, e funciona todos os dias da semana, basicamente das 10h às 18h, podendo estender o horário em dias de eventos especiais. "A proposta é um lugar diferenciado, com música, comida boa, para que as pessoas possam curtir. É um lugar diferente para ficar à tarde, curtir o pôr do sol", define o empreendedor Almir Ribeiro de Oliveira. "O que nos motivou foi um convite que recebemos do proprietário do terreno da praia. Brevemente será construído um prédio de luxo. OSanto Bar é o cartão de visitas, uma forma de convidar os futuros clientes para conhecer o local", explica.

A proposta diferenciada contempla um cardápio que conta um pouco com pratos que fazem a tradição de quase 13 anos do SantOrégano, mas com muitas novidades, mais voltadas para petiscos com peixes e frutos do mar. O rol de bebidas também recebe um toque especial. Além dos tradicionais mojito, clericot e piña colada, drinques refrescantes dão um colorido especial ao menu, como o Querubim - gim-tônica com frutas - e o Sexo na Praia - com laranja, licor de cereja e lima-da-pérsia.

Além de som mecânico, diariamente, com os hits que fazem o verão, no sábados e domingos sempre haverá um DJ comandando as picapes, das 11h às 18h. Isso sem contar os dias de eventos especiais. Em 18 de janeiro, por exemplo, acontece a festa Mood, uma reunião com vários DJs que vai das 16h até a meia-noite. Aos visitantes cabe apenas relaxar e se divertir.


Serviço:

Santo Bar - Rodovia AL-101 Norte, 6050, Riacho Doce, Maceió-AL. Aberto diariamente, das 10h às 18h. Aceita cartões Visa, MasterCard, Diners Club, Elo e Amex. Mais informações pelos telefones: (82) 3355-1222 e 3355-1801

 

 

Um humanista preocupado como o futuro do Brasil

 

 

Um observador e analista das transformações ocorridas no Brasil que, com sua visão humanista, preocupa-se em transformar o País em um lugar melhor para seus cidadãos. Esse é o perfil do engenheiro e professor Geoberto Espírito Santo, que acaba de lançar o livro Espírito Cidadão: Exercícios de Cidadania, coletânea de artigos publicados nos principais jornais alagoanos, nos últimos 20 anos que, de tão atuais, continuam provocando reflexões sobre o nosso tempo.

Referência em energia e política energética, Geoberto Espírito Santo escreve, há duas décadas, artigos em periódicos sobre o papel do Estado; a política macroeconômica; o planejamento empresarial; a urgência da reengenharia estatal diante da satisfação das necessidades da população; o papel do verdadeiro líder na transformação social;  ea nova postura de empregados e empregadores diante do que ele chama de administração de seres humanos - e não de recursos humanos -, entre outros temas, sempre apresentando propostas para melhorias nos serviços prestados à população e na qualidade de vida. A triste constatação é que, mesmo análises realizadas e publicadas há mais de vinte anos continuam atualíssimas, pois seus problemas sem solução.

Espírito Cidadão: Exercícios de Cidadania traz uma série de observações e muitas propostas que de alguma forma poderão contribuir para melhorar a qualidade de vida dos brasileiros. É uma coletânea centrada nos valores humanos, na honestidade intelectual, na responsabilidade social, no desenvolvimento autossustentado, nos preceitos éticos e na afirmação dos princípios democráticos como paradigma maior de organização social. Seus artigos, que podem ser lidos a partir de qualquer capítulo, de qualquer texto sem nenhum prejuízo para o leitor, são uma leitura obrigatória para pessoas comprometidas em analisar e discutir o Brasil e o mundo contemporâneo com o objetivo de deixar como legado uma sociedade humanizada e responsavelmente justa.