ACM Neto e Rui Costa abrem hoje Carnaval de Salvador

      



O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e o governador Rui Costa (PT) entregam, na noite de hoje, a chave da cidade ao Rei Momo no Campo Grande e dão início oficialmente ao Carnaval de Salvador. O democrata e o petista vão voltar a abrir a festa momesca juntos, já que, no ano passado, isso não ocorreu. Em meio às trocas de farpas por causa da possibilidade de serem adversários nas eleições de 2018, Rui decidiu fazer abertura da festa no Campo Grande, e Neto fez na Barra no ano anterior.

Desta vez, o chefe do Palácio Thomé de Souza fez um convite público ao governador, que confirmou presença por meio da assessoria. Neste ano, o governador decidiu não montar um camarote no Campo Grande para acompanhar a folia, como sempre ocorreu. Já a prefeitura decidiu reduzir. Segundo a gestão estadual, sem o camarote, o governo estima ter uma economia de R$ 1 milhão.

Mesmo sem o espaço, Rui Costa disse que manterá a programação normal na festa. “Vamos visitar os pontos de maior atração. Eventualmente, vou definir a cidade do interior que vou, mas aqui vou prestigiar as nossas atrações afros. Devo ir no Olodum, no Ilê, no Campo Grande, na Barra para valorizar o carnaval. Fico feliz este ano porque não só na capital, mas em todas as cidades, com vocação turística, estamos com hotéis e pousadas lotados. Tem muita gente alugando casa, o que confirma que a Bahia é a bola da vez da cultura e do turismo. Isso é bom para a economia porque gera emprego. Vamos repetir este ano um carnaval de paz para que ano que vem a gente possa receber ainda mais gente”, declarou.

Já o prefeito ACM Neto ainda não tem uma programação definida, mas deve curtir toda a festa, segundo a assessoria de comunicação. "Ao mesmo tempo em que curto, pois gosto de Carnaval, e todo mundo sabe disso, também trabalho. Aliás, são 10 mil colaboradores da prefeitura trabalhando duro para que esse seja o melhor Carnaval de todos os tempos", disse o democrata.

No ano passado, Neto não participou da saída do bloco Ilê Aiyê, no Curuzu. Um ano antes, em 2017, o prefeito foi recebido na localidade com vaias e aos gritos de “Fora, Temer” e “golpista”, por apoiar o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e o governo do ex-presidente Michel Temer (MDB). “Normal. Tem que estar preparado para isso”, minimizou o prefeito na época.

Interior - Com a finalidade de discutir demandas da rede estadual de Educação, o governador Rui Costa se reuniu com diretores, vice-diretores e coordenadores pedagógicos em Lençóis, na região da Chapada Diamantina, ontem. “O objetivo desses encontros é aproximar ainda mais a Secretaria da Educação de cada unidade escolar, conhecendo as boas referências, boas práticas e os excelentes resultados, como uma das escolas aqui que está entre os três melhores Idebs [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica] da Bahia. Também ouvimos as necessidades e carências das escolas, além das medidas de curto e médio prazo que precisam ser adotadas para fortalecer a educação no estado”, explicou o governador.

Os profissionais são ligados a 39 unidades escolares que pertencem ao Núcleo Territorial de Educação de Seabra (NTE 3). O encontro promovido pela Secretaria de Educação do Estado contou com a presença do titular da pasta, Jerônimo Rodrigues, do sub-secretário Danilo Melo, além da equipe técnica da Secretaria. “Com todos unidos, conseguimos resolver os problemas operacionais, de infraestrutura e também de formação, para que a escola esteja pronta para seguir com o processo de aprendizagem dos nossos alunos”, afirmou o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues.
*Da Tribuna