Professores da Uneb decretam greve após assembleia nesta quinta

      



Foi deflagrada na tarde desta quinta-feira (4) a greve da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) . A paraslisação foi confirmada após votação que, em Salvador, aconteceu durante assembleia geral dos professores no teatro da insituição de ensino. Estudantes, professores e técnicos das universidades estaduais da Bahia têm demonstrado insatisfação com a forma que o governo tem tratado sua pauta de reinvidicações. Ainda não há informações se os professores da Uefs, Uesb, e Uesc vão aderir o movimento grevista.


A professora Lilian Marinho, diretora executiva da Aduneb, concedeu entrevista ao BNews nesta manhã e explicou as razões do movimento: "o movimento expressa um conjunto de insatisfações de estudantes, professores e técnicos. Os recursos para as universidades estaduais estão contingenciados, editais depesquisa suspensos. Isso catalisou para essa ocupação da reitoria".
*Do BNews