Aliado de Neto pede que prefeitura pare de criar cargos: ‘O momento é reduzir’

         



Aliado do prefeito ACM Neto (DEM), o vereador Cezar Leite (PSDB) criticou a criação de cargos comissionados pela administração do democrata. “Tenho responsabilidade com o dinheiro público. [O projeto aprovado ontem] vai dar prerrogativa de secretários a diretores. Estimamos um gasto de R$ 5 milhões, não tem como votar esse projeto. De onde vai sair esse dinheiro?”, questioniou, em entrevista a José Eduardo, na Rádio Metrópole.

Aliado de Bolsonaro, Leite comparou a gestão do presidente com a de Neto. “Recentemente o presidente cortou mais de 21 mil cargos. Desde 2014, a prefeitura criou mais de 2 mil cargos. Temos que dar uma parada. O momento é outro. Eu não sou oposição de Neto, mas não posso fugir de minhas ideias”, asseverou.

Para o tucano, “o momento é reduzir e cortar a máquina pública”. “Os servidores estão sem reajuste. A gente tem que entender o que a sociedade está pedindo”.
*Do Metro1