Hospital São Rafael está com inscrições abertas para evento sobre doenças renais

      



No Brasil, cerca de 13 milhões de pessoas têm alguma alteração de função renal. Desse total, mais de 90 mil casos são graves, segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia. Dentro deste universo, o Hospital São Rafael (HSR) vai sediar um encontro, no dia 6 de maio, que visa discutir casos clínicos de glomerulopatias - doenças que atingem os glomérulos, estruturas que compõem os rins e são responsáveis por filtrar o sangue no organismo. Profissionais da saúde e estudantes de Medicina podem participar do evento, que está com inscrições abertas.

De acordo com o coordenador da nefrologia do HSR, Rogério Passos, “as glomerulopatias podem ter diversas causas e o seu diagnóstico e tratamento adequados podem evitar a perda de função dos rins”, explica o médico, ressaltando que, em muitos casos, a suspeita de glomerulopatia requer a realização de uma biópsia renal para esclarecer a origem da doença e direcionar a condução do caso.

Ainda segundo Rogério Passos, não existe uma fórmula para evitar doenças renais e as glomerulopatias podem surgir em pacientes sem fatores de risco clássicos para doença renal, sendo fundamental o diagnóstico preciso. “O tratamento depende da causa do acometimento dos rins e deve ser individualizado para cada paciente pelo médico nefrologista”, detalha o especialista.

Programação

Como forma de atualização e troca de experiências, o evento com foco em ‘glomerulopatias’, do HSR, será realizado no Auditório Luigi Faroldi, das 8h30 às 12h30. Serão discutidos casos clínicos, contando com a participação de nefrologistas e patologistas da casa, além de especialistas com ampla experiência em glomerulopatias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Aos interessados, as inscrições estão sendo realizadas via e-mail: secretaria.ensino@hsr.com.br. As vagas são limitadas.