Pioneirismo do Creci em Teixeira de Freitas

         



O Conselho Regional de Corretores de Imóveis do estado da Bahia tem entre seus Conselheiros e Diretores uma representação significativa do gênero feminino. Entre as 12 Delegacias, já temos uma Delegada, representante feminina, na cidade de Alagoinhas e uma subdelegada, em Itabuna, mas, é a primeira vez que o CRECI BAHIA tem uma Delegacia, com uma Delegada e uma Subdelegada e, isto aconteceu, em Teixeira de Freitas, no dia 02 de Maio, em solenidade, no auditório do Lord Plaza Hotel, após a entrega de Carteiras para novos corretores de imóveis.

Para prestigiar esta data pioneira estavam presentes, o Presidente Samuel Arthur Prado, a Diretora de Eventos, Consuêlo Leal, o Superintendente Marcosuel Sousa e o corretor de imóveis, ex-delegado Flávio Guimarães, que atualmente, assume o cargo de Secretário de Desenvolvimento Econômico do Município.

A nova Delegada Léia Marta Rodrigues dos Santos – CRECI 14.873 e a Subdelegada, Emaclovia Gonçalves de Oliveira – CRECI 20.112, após a posse, ouviram as mensagens de Samuel Prado, que ratificou a importância que o CRECI dá para a atuação feminina no mercado imobiliário e de Flávio Guimarães, que destacou a sensibilidade e o senso de justiça da mulher. As recém nomeadas agradeceram a confiança empenhada e pediram união dos colegas profissionais da cidade, para que juntos, possam atingir objetivos comuns ao bom exercício da profissão.

REUNIÃO COM CORRETORES DE IMÓVEIS – A exemplo do que já vem sendo feito com diversos grupos de corretores de imóveis, em Salvador, Porto Seguro e outras regiões, o CRECI organizou uma reunião, na cidade de Teixeira de Freitas, que teve 33 inscrições, com o objetivo de esclarecer questões administrativas ignoradas pelos profissionais, que, muitas vezes, reivindicam ações do Conselho, sem saber que não fazem parte da função precípua da Autarquia e, muitas vezes, não são permitidas nem mesmo pelo Tribunal de Contas da União!!! A reunião foi muito proveitosa e trouxe à tona, assuntos delicados, como o exercício ilegal da profissão, que, muitas vezes, é acobertado pelos próprios corretores e/ou imobiliárias, a função do Departamento de Fiscalização, que trabalha para separar o joio do trigo, isto é, o profissional que está regular com o CRECI, que se qualifica, se esforça para se capacitar e atender seu cliente com qualidade e excelência, dos clandestinos que só trazem problemas para a classe, manchando nosso nome junto à Sociedade!

Quem proferiu a palestra administrativa foi o Superintendente do CRECI, Marcosuel Sousa que, de forma clara e direta, esclareceu ponto a ponto, aos questionamentos dos corretores de imóveis presentes, junto com o Presidente Samuel Prado. “Acho que a reunião foi muito proveitosa para ambas as partes, pois, muitas vezes, o profissional reivindica ações que o CRECI não pode fazer, por determinação regimental ou normativa. O corretor de imóveis tem que se informar da função precípua do seu Conselho Profissional, antes de reclamar por iniciativas que não cabem ao CRECI, sob pena de sofrermos alguma sanção por parte do TCU ou até mesmo do Conselho Federal. Não podemos nos deixar levar pelas chamadas “fake News”, os corretores têm a obrigação de adquirir conhecimento sobre as normas que regem sua profissão! Nos tempos atuais, ninguém mais pode alegar que NÃO SABIA!!” disse Prado.

Este evento do dia 02 de maio contou com a preciosa colaboração do Agente Fiscal, Adailton Cerqueira, que esteve na cidade para realizar algumas diligências e da colaboradora administrativa, da Delegacia da cidade, Mônica Ferraz.