Governo da Bahia discute ampliação de parceria com o Banco Mundial

         



Ainda em Washington, nos Estados Unidos, nesta quarta-feira (8), o governador Rui Costa se reuniu com representantes do Banco Mundial, responsável pelo financiamento de diversos projetos na Bahia.
O Governo do Estado tem interesse na parceria com o banco em um novo programa, com foco na atenção hospitalar, incluindo investimentos na área de tecnologia. Além de qualificar os serviços e a gestão de centros estaduais de referência, o programa terá como objetivos a ampliação da conectividade de todos os hospitais municipais, estaduais e filantrópicos e a implantação do prontuário eletrônico nas unidades de saúde sob gestão do Estado. 

De acordo com o governador, há ainda interesse na parceria para financiamento na área de abastecimento de água e na educação, que envolve, dentre outras ações, o aumento do número de escolas que funcionam em tempo integral, o que demanda algumas mudanças na estrutura física das instituições. “Também apresentamos projetos de redefinição e equalização de dívidas do Estado, para liberar a capacidade de investimento na Bahia. Vamos formalizar as propostas em uma carta e esperamos, em breve, poder contratar programação financeira para aumentar os investimentos e atender, portanto, a necessidade do povo”, explicou Rui Costa.

Dentre as propostas de financiamento para a saúde, o secretário estadual, Fábio Vilas-Boas, destacou investimentos na reestruturação da rede de atenção hospitalar e no fortalecimento de centros regionais, para que seja possível manter e atender pacientes nas cidades do interior sem a necessidade de transferência para a capital. “ Definimos uma linha de investimento para que o Governo possa continuar oferecendo um serviço de qualidade, o que significa investir na capacitação de profissionais, na formatação, implantação e implementação de protocolos assistenciais, tanto na atenção básica, quanto na atenção de média complexidade e na atenção hospitalar”, afirmou Fábio, que também participou do encontro.  

Os secretários da Casa Civil, Bruno Dauster, da Ciência, Tecnologia e Inovação, Adélia Pinheiro; e o superintendente de Atração de Investimentos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Paulo Guimarães, também acompanharam o governador na reunião.