Herdeiro da OAS sofre infarto durante depoimento a juiz da Lava Jato

         



O empresário Cesar Mata Pires Filho, 41 anos, herdeiro da empreiteira OAS, sofreu 1 infarto durante depoimento ao juiz Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba, na tarde desta 2ª feira (8.jul.2019).

O empresário prestava explicações no âmbito de ação da Lava Jato em que é acusado de pagar propinas ao PT e a agentes públicos na construção de 1 prédio da sede da Petrobras em Salvador (BA).

A informação foi confirmada pela força-tarefa da Lava Jato do Paraná.

Segundo a equipe da Lava Jato, o médico cardiologista da Justiça Federal do Paraná fez o 1º atendimento a César de Araújo Mata Pires Filho. Na seqüência, o empresário foi encaminhado ao Hospital Santa Cruz.

Estava previsto para hoje ainda o depoimento do operador financeiro David Arazi e Manuel Ribeiro Filho, ex-diretor da OAS na Bahia. Devido ao ocorrido, a audiência foi suspensa e será retomada em setembro.

O empresário chegou a ser preso em 25 de novembro de 2018, mas foi solto em 4 de dezembro após pagar uma fiança de R$ 28 milhões.

O pai dele, Cesar Mata Pires, fundador da OAS, morreu em 2017 aos 67 anos vítima de 1 infarto. Cesar Filho é primo do prefeito ACM Neto e neto de Antonio Carlos Magalhães.